Ex-namorada de Makelele teria tentado se suicidar

Ex-namorada de Makelele teria tentado se suicidar

Ex-namorada de Makelele teria tentado se suicidar

Uma das modelos mais conhecidas da França, Noemie Lenoir tentou se suicidar, de acordo com o diário britânico Daily Mail. A francesa, 30 anos, que tem um filho com Claude Makelele, foi encontrada inconsciente no último domingo em sua casa próximo a uma pilha de pílulas e a garrafas vazias de licor. A ação teria sido motivada por um recente escândalo sexual no qual se envolveu seu atual namorado, Carl Hirschmann.

Noemie iniciou um namoro com Makelele em 2003 e tem um filho com o ex-volante de Chelsea e Real Madrid: Kelyan, cinco anos. Embora o relacionamento amoroso tenha sido conturbado, desde a separação eles viviam bem, em casas vizinhas em La Celle-Saint-Cloud, nas redondezas de Paris.

No domingo, o campeão do mundo de 1998 não estava por perto, visto que estava recebendo um prêmio por sua carreira no futebol, que oficialmente se encerrada no próximo sábado, ao fim da temporada com o Paris Saint-Germain - no entanto, ele ainda estuda propostas para atuar no futebol dos Estados Unidos.

Segundo o Daily Mail, nesse dia a modelo foi encontrada inconsciente depois de ligar para os serviços de emergência dizendo estar "muito doente" - após esse telefonema, ela faria outro, porém, cancelando a ambulância que havia solicitado, indício que contribui para se imaginar uma tentativa de suicídio.

Um porta-voz da polícia de Paris confirmou a versão ao diário, afirmando que uma mulher de 30 anos foi levada ao hospital com efeitos de uma "overdose" e que ela agora está se recuperando bem.

Segundo um amigo próximo a Noemie ouvido pela publicação, claramente ela tentou se ferir porque está muito "doente". O momento de bastante "estresse" da modelo teria relação com seu namorado, o milionário Carl Hirschmann.

Um milionário suíço, Hirschmann vem sendo acusado de organizar orgias na noturna da qual é proprietário. Ele prepararia coquetéis com vodca chamados de "Poção do Amor" para convencer jovens modelos a fazer sexo antes de filmá-las. Depois, ele chantagearia as mulheres cobrando altas somas em dinheiro caso elas não queiram que os vídeos parem na internet.

Sempre envolvido em escândalos, o homem que é definido pelo Daily Mail como um "conhecido playboy" da Suíça foi preso em abril devido a três acusações: duas dando conta de que ele teria feito sexo com menores de idade e outra de que ele teria forçado uma mulher a fazer sexo.

Mediante o pagamento de uma fiança, Hirschmann foi solto, mas atualmente está impedido de deixar a Suíça em meio às investigações. Esse cenário vem transformando a vida de Noemie em "um inferno", de acordo com outra fonte próxima a ela, visto que a modelo tem passado muito de seu tempo livre em um avião viajando a Zurique para ver o namorado.

Fonte: Terra