Farinha de fruta ajuda a emagrecer e até evita problemas cardíacos

Farinha de fruta ajuda a emagrecer e até evita problemas cardíacos

É para isso que existem as farinhas de frutas, que nada mais são do que as cascas das frutas trituradas

As frutas são ricas em vitaminas, minerais e fibras e, por isso, alimentos essenciais no nosso dia a dia. Tanto que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de cinco porções de frutas e legumes por dia. Mas o que acontece é que, em muitos casos, os benefícios ficam mais concentrados na casca do que na polpa. Como aproveitá-los então em prol da saúde?

Vamos combinar que não rola comer casca de banana e de laranja por mais vitaminas, minerias e fibras que ofereçam. É para isso que existem as farinhas de frutas, que nada mais são do que as cascas das frutas trituradas. E cada uma traz um benefício diferente. Confira os principais, de acordo com a nutróloga Sylvana Braga:

Farinha de uva vermelha: é um antioxidante natural que evita acidentes vasculares e problemas cardíacos por conta do resveratrol. Também diminui as taxas do mau colesterol;

Farinha de banana: é rica em fibras de amido resistente, que auxilia no emagrecimento e no bom funcionamento do organismo. É benéfico, inclusive, para diabéticos, porque controla a velocidade do acesso aos carboidratos;

Farinha de maracujá: contém pectina que bloqueia absorção de gorduras pelo intestino e, consequentemente, auxilia no emagrecimento e na redução do mau colesterol;

Farinha de laranja: é rica em fibras naturais e pectina e reduz o apetite, regula o funcionamento do intestino, contribui para a redução do colesterol e ativa o metabolismo;

Farinha de maçã: é rica em pectina e tem ação de saciedade. Diminui doenças cardíacas e colesterol. Contém ácido málico, que evita dores articulares e diminui pH sanguíneo.

De acordo com a nutricionista Carolina Padilha, o ideal é consumir de 2 a 3 colheres diárias de farinha de frutas, mas de forma fracionada para evitar problemas intestinais, já que tem muitas fibras. "É interessante misturar a farinha ao iogurte, leite, bolo, biscoito, salada e até feijão e sopas", ensina a especialista.

A farinha de banana, por exemplo, combina mais com preparações salagadas e a de maçã tem mais a ver com doces, mas tudo depende do gosto de cada pessoa. Também é interessante fazer um mix de farinhas de frutas e misturar com o alimento de sua preferência. Elas podem ser encontradas em lojas de produtos naturais ou feitas em casa. A nutricionista ensina como: o primeiro passo é higienizar a casca, depois colocar para assar em forno baixo por 30 a 40 minutos e batar bem no liquidificador.

Fonte: R7, www.r7.com