Fazer sexo previne 9 problemas de saúde

Além de fazer bem ao coração, o sexo acaba com dores e previne doenças

Turbine o coração

Indicação Prevenção de doenças cardíacas.

Durante a relação sexual, o coração trabalha mais rápido. Isso aumenta a pressão arterial, preservando as artérias e a saúde cardíaca. Dose recomendada Para obter todos os benefícios, é preciso suar a camisa por, no mínimo, 30 minutos ao dia, cinco vezes por semana. Haja fôlego!

Combata as dores

Enquanto você está lá, no bem-bom, seu organismo produz endorfina, o melhor analgésico natural. Ele é tão forte que continua tendo efeito mesmo depois que o sexo termina. Dose recomendada Caiu, ralou, distendeu? Em vez de se entupir de remédios para dor, jogue-se nos braços do seu parceiro.

Acabe com o estresse

Uma noite de amor tem um poder mágico: ela acaba com qualquer tensão acumulada durante o dia. Faça sexo e troque a ansiedade por aquela moleza boa no corpo... Dose recomendada Uma vez por dia. Mas nada de transformar o prazer numa descarga de estresse. Assim ele perde a graça -- e o efeito...

Goste de si mesma

O cérebro é a parte do corpo que mais ganha no "rala e rola". É lá que está o centro do prazer. Quando você se sente desejada por seu parceiro, fica mais confiante em si mesma. Dose recomendada Quantas vezes você quiser. Afinal, ninguém corre risco de ter efeitos colaterais. Também não há perigo de superdosagem!

Perca os quilos extras

Não existe esporte mais prazeroso que esse. O esforço de uma relação sexual equivale, em média, a uma caminhada rápida a 7 km por hora. Numa noite animada, vocês podem queimar até 300 calorias cada um! Dose recomendada Nem é preciso lembrar que uma boa esportista deve treinar diariamente, certo?

Ganhe músculos

 Informações ao paciente Todo mundo sabe que fazer sexo exige esforço físico. Mais ainda no caso das mulheres, que movimentam os músculos da vagina. Isso tonifica a região e diminui o risco de incontinência urinária. Dose recomendada Diariamente, mas varie a posição, para poder trabalhar vários grupos musculares.

Melhore a imunidade

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostrou que quem se diverte na cama fica mais resistente a doenças. A explicação é que o organismo aumenta a produção de anticorpos, responsáveis pela defesa do corpo. Dose recomendada Uma a duas vezes por semana.

Lubrifique sua vagina

Na menopausa, diminui a produção do estrogênio, hormônio responsável pela lubrificação vaginal. A consequência disso é uma sensação de incômodo ao transar. Quem mantém relações sexuais frequentes resseca menos. Dose recomendada Quanto mais, melhor. Aproveite todas as oportunidades.

Durma com os anjos

Uma noite tranquila de sono também depende da outra atividade que você faz na cama. Afinal, o orgasmo proporciona bem-estar e uma gostosa exaustão. Isso faz você dormir sem ter de ficar contando os carneirinhos. Dose recomendada Diariamente. Assim, você garante um sono perfeito e revigorante.

Fonte: Abril, www.abril.com.br