Que tal utilizar peeling de veneno de cobra para melhorar a pele?

Que tal utilizar peeling de veneno de cobra para melhorar a pele?

O produto é bifásico e contém extrato de papaína, que esfolia a pele facilitando a penetração da waglerina.

Uma feira de cosméticos, que acontece no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo, até domingo (8/7), começa a divulgar as novidades que devem chamar a atenção dos clientes das farmácias de manipulação do país.

No 7º Congresso Internacional Consulfarma, fabricantes e exportadores de insumos apresentam para os farmacêuticos e profissionais de saúde e beleza bases, compostos e ativos que, segundo os ceca de 60 expositores, irão melhorar a qualidade dos cosméticos manipulados.

O tema parece ser de interesse geral --cosméticos, beleza e bem estar--, mas o público leigo se sentiria deslocado em meio aos nomes científicos e às explicações químicas sobre a ação dos creminhos.

Já os profissionais de saúde podiam se divertir e ainda se matricular em cursos com títulos convidativos como "Anatomia topográfica em cadáver fresco com foco em medicina estética e tratamentos estéticos da face" e "Manipulando bases transdérmicas para cosméticos e hormônios bioidênticos".

Confira algumas das inovações exóticas expostas na feira. Segundo Maurício Pupo, presidente da Consulfarma, empresa que organiza o evento, todos os produtos abaixo poderão ser encontrados "nas boas famácias de manipulação" a partir da semana que vem.

Peeling com veneno de cobra - Feito com um peptídeo sintético chamado waglerina, produzido na Suíça com base no veneno da cobra wagléria, que paralisa a vítima ao picá-la. O produto é bifásico e contém extrato de papaína, que esfolia a pele facilitando a penetração da waglerina (que tem "efeito cinderela", reduzindo temporariamente as rugas). Deve ser usado uma vez por semana, durante 20 minutos.

Creme em comprimido - Basta adicionar algumas gotas de água para que o comprimido se transforme em um creme convencional. O objetivo é facilitar o transporte e o armazenamento.

Gloss inibidor de apetite - Em contato com as papilas gustativas, o açúcar extraído da framboesa, principal componente da sua fórmula, teria a capacidade de saciar a fome. "Um teste feito na Suíça com 29 pessoas apontou que esse gloss fazia perder quatro quilos e em um mês sem exercício físico", afirma Maurício Pupo, presidente da Consulfarma. O número de participantes é pequeno demais para validar o efeito.

Caneta antiestria - Com "moléculas de crescimento" que penetrariam na pele induzindo a síntese de colágeno e elastina e açúcar do tipo diidroxiacetona, que, após quatro horas, torna a pele mais escura, como um autobronzeador. Pode funcionar como maquiagem, disfarçando as estrias.

Chiclete da beleza - Enriquecido com 10mg de silícios orgânicos de alta absorção, que seriam capazes de até chegar à pele, aos cabelos e às unhas, melhorando a hidratação e a aparência das rugas com apenas um chiclete por dia.

Creme dental com vitamina D - A vitamina D3 presente na formulação penetraria na mucosa da boca, repondo eventuais deficiências sem necessidade de se expor ao sol

Rímel com células-tronco que aumenta os cílios - Com composto de peptídeos desenvolvido por cientistas coreanos que seria capaz de estimular o crescimento e fortalecimento dos pelos

Fonte: UOL