Fernanda Nobre completa 18 anos de carreira com ensaio

Lembra da mimada Bia, de "Malhação"? Com 27 anos, a atriz já está casada há cinco e planeja ter filhos.

Fernanda Nobre está completando 18 anos de carreira este ano e, mesmo com apenas 27 anos, se diz realizada com sua trajetória. A atriz, que atualmente está se dedicando ao teatro e, em janeiro, estará novamente na televisão, fez um balanço de suas realizações profissionais para o EGO e falou um pouco sobre sua vida pessoal e suas paixões. Em um ensaio exclusivo, feito na boate e antiquário Rio Scenarium, na Lapa, bairro do Centro do Rio, ela mostra um pouco de um de seus hobbies preferidos, a decoração.

"Amo decoração, sou uma arquiteta nata (risos). Reformei meu apartamento recentemente e andei muito por aqui para procurar móveis e objetos antigos. Gosto de misturar coisas modernas com antiguidades. Comprei um daqueles lustres antigos, poltronas, uma penteadeira do começo do século que laqueei de vermelho... Meu marido também adora decoração. Deu muito pitaco! Mas a gente é quem manda, né?", diverte-se Fernanda, que é casada com o também ator Gabriel Gracindo.

A atriz e o marido se conheceram durante as gravações de "Escrava Isaura" e já estão juntos há sete anos - há cinco, eles moram juntos. Os dois são casados no cartório e estão planejando ter o primeiro filho em breve. "Nos conhecemos na novela e não nos largamos mais. Quero ter um filho, mas só em um ano ou dois."





Carreira

Fernanda começou cedo na carreira de atriz, em novelas como "Despedida de Solteiro", "Quatro por Quatro" e "História de Amor", e fez um de seus papeis mais marcantes na temporada de "Malhação" que foi ao ar em 2000, vivendo a mimada vilã Bia. Quando questionada sobre seus desejos para o futuro, ela conta que ainda pretende trabalhar muito na televisão, mas também quer se aventurar no cinema, onde não tem muita experiência.

"É engraçado pensar que já estou fazendo 18 anos de carreira. Me sinto tão começando ainda, sou tão jovem. Foi tudo melhor do que eu imaginava! Tive um fluxo contínuo de trabalho, novos desafios, boas oportunidades... Mas ainda quero realizar muita coisa. Não tenho muita experiência no cinema, então quero fazer. Este ano investi bastante no teatro, e foi uma delícia! Mas onde me sinto segura e em casa mesmo é na TV. Foi onde eu comecei, minha formação. Quero fazer sempre", diz.

Sobre o fato de ter começado a trabalhar muito jovem - ela foi descoberta por acaso no consultório da mãe, aos oito anos -, a atriz garante que não se arrepende. Ela acredita que isso a tornou mais madura e responsável.

"Tive uma infância diferente, não dá para negar. Enquanto os amigos viajavam e iam para festinhas, eu não podia ir. Mas ter começado a trabalhar cedo me trouxe benefícios. Me trouxe um senso de responsabilidade, um amadurecimento mais rápid, e me fez saber valorizar o dinheiro cedo. Foi uma coisa que bateu na minha porta, não foi planejado. Não posso falar que faria diferente porque eu não seria quem sou se não tivesse acontecido. Não sei o que é não ser atriz", diz.

Após meses em cartaz com duas peças, Fernanda começa a respirar mais tranquila. No dia 25 de agosto, uma delas, "Gato Branco", encerrou a temporada carioca no Teatro das Artes e agora vai viajar em turnê pelo Nordeste, interior de São Paulo e Brasília. A outra, "Linda", passou por dois teatros cariocas, viajou e agora está fora de cartaz, ainda sem previsão de volta.

"Meu dia a dia ficou bem corrido durante os ensaios e as temporadas das peças - meio que parei minha vida pessoal por causa do trabalho -, mas é disso que eu gosto, esse é o meu parque de diversões. Agora vou poder respirar um pouco, aproveitar o maridão... Também vou conseguir terminar minha faculdade de artes cênicas", conta.

Fonte: Ego, www.ego.com.br