Fred, do Flu, posa nu: "Estou há nove meses sem beijar na boca"

Fred, do Flu, posa nu: "Estou há nove meses sem beijar na boca"

Leia a entrevista e conheça um pouco mais do galã campeão.







Assim que abriu a porta do carro, em frente a um estúdio, na Gávea, um forte cheiro de perfume Paco Rabanne tomou conta do ar. É uma das marcas do vaidoso Fred, o atacante sensação do Fluminense, que aceitou posar para a coluna depois de uma longa negociação. A ?Retratos da vida? convidou Fernando Torquatto para clicar o atleta. No início da sessão de fotos, Fred estava tímido e não aceitou fazer a foto maior que ilustra a página de hoje. Só depois de uma hora de muitos cliques é que saiu esta foto, que vai ficar para a história do futuro campeão brasileiro. Leia a entrevista e conheça um pouco mais do galã campeão.

Você é mineiro, mas se integrou perfeitamente ao jeito carioca. Você já se sente um carioca?

Sou o autêntico mineiro. Um cara tranquilo, sossegado. Mas, realmente, me adaptei muito bem ao jeito carioca. Moro em Ipanema e gosto de caminhar pela praia, sair para fazer um lanche com os amigos, que já são muitos. A galera daqui me recebeu muito bem.

O que você mais gosta de fazer no Rio?

Sair para jantar, ir ao teatro, pegar uma praia. E o que mais gosto nisso tudo é que posso fazer tudo a pé. A qualidade de vida aqui no Rio é impressionante. Mas falou que é para comer e beber um bom vinho, pode me convidar também. ?Tô? dentro!

Por que nunca ninguem te vê com mulher? Você realmente não está pegando ninguém ou ?faz bem feito??

Eu até tento, mas tá difícil. Há nove meses que não beijo na boca. Estou jogado às traças, carente, precisando de carinho...

Todo mundo acha que jogador de futebol gosta de loura boazuda, pagode e cerveja. Você cumpre essa regra?

Prefiro música eletrônica, apesar de curtir também, e muito, o bom e velho pagode. Uma cervejinha de vez em quando também não faz mal a ninguém. Em relação às mulheres, não gosto muito das atiradas. Prefiro as mais tranquilinhas. Gosto de uma beleza mais natural.

Você marcou o gol mais rápido da história do futebol brasileiro. Na conquista, você é tão rápido quanto?

A conquista é a parte mais gostosa do relacionamento. Para quê pressa?

Você se acha boa pinta?

Cresci ouvindo minha mãe falar isso. Acabei acreditando. E para quem não acha, por favor, não desista: sou gente boa, romântico...

Diga um homem e uma mulher bonita.

Uma mulher: Fiorella Mattheis. Um homem: sempre que estou em frente ao espelho vejo um. Mas não ?tô? lembrando o nome dele. Acho que joga com a 9 no Fluminense.

Você é adepto de cremes, hidratantes e afins?

Sim. Gosto de creme para o cabelo porque, afinal de contas, com essa estopa gigante que tenho, preciso usar dois litros de creme pra domá-la. Uso também cremes para o corpo, os pés, o rosto... Enfim, o que tiver disponível no mercado que ajude a melhorar minha latinha, eu compro (risos).

Você se depila com quê? Cêra, gilete ou máquina?

Máquina.

Se pintasse, um dia, uma proposta para ser ator, você toparia?

Ator, não sei. Mas fazer uma pontinha em algum filme, novela ou seriado... Quem sabe?

Você se acha o jogador mais bonito do Brasileirão?

Ainda bem que você perguntou do Brasileirão. Se fosse do mundo, acho que empataria com o Kaká e o Cristiano Ronaldo. Mas, atuando aqui no Brasil, reino absoluto. Inclusive, vou reclamar com o pessoal da ?VIP? que concedeu aquele prêmio de Homem do Ano ao Neymar. Ele sabe tudo de bola, mas bonito o moleque não é não (risos).

Como você espera estar aos 30 anos de idade? Descreva com detalhes.

Vixe, tá perto! Campeão brasileiro, da Copa Libertadores, do Mundial de Clubes, da Copa América e prestes a me tornar campeão mundial com a Seleção Brasileira, em 2014. E, quem sabe, com uma namorada? Mas tem que ser moça pra casar. Sou mineirinho e, logo, muito conservador...

A música "Memories", do DJ David Gueta, foi escolhida pelo próprio Fred.

Fonte: Extra, extra.globo.com