Gêmeas do nado sincronizado exibem seios "turbinados"

Gêmeas do nado sincronizado exibem seios "turbinados"

Bia e Branca Feres viajarão para apresentar programa, fotografam para patrocinadores e deixam a seleção

Apresentadoras de TV, modelos e atletas do nado sincronizado, mais ou menos nessa ordem neste momento. Musas do Pan-Americano do Rio de Janeiro de 2007, aos 19 anos, Bia e Branca Feres abriram mão da disputa do Pan de Guadalajara, no México, em outubro, quando a seleção tentará repetir, ou até melhorar, a medalha de bronze conquistada quatro anos atrás.

Se em um primeiro momento elas dizem que pretendem focar os treinamentos no dueto, em vez de dividir atenção na equipe (composta por oito titulares), o contrato assinado com a MTV para participar do programa ?Mochilão MTV? não permitiria seguir a agenda de treinamentos da seleção. Por isso a dispensa momentânea.

?Queremos melhorar nossa técnica, ao mesmo tempo em que conseguimos focar também como apresentadoras. Vamos continuar treinando, com duas treinadoras, focando no dueto e ajustando a agenda com outros trabalhos. Seria impossível viajar e treinar com a seleção?, explicou Branca, a mais expansiva, ao iG durante um evento na qual as atletas participaram a convite de um de seus três patrocinadores.

Com 23 anos, e resultados expressivos apenas por equipe, Bia e Branca viraram as queridinhas do canal MTV ao apresentar o programa ?Luau MTV?, no começo do ano. A apresentação das duas agradou à direção da emissora, que as convidou para algo mais ousado, o ?Mochilao?, o que transformou a vontade das duas em se tornar apresentadora em um problema: o programa, como o nome indica, exige viagens, incompatível com a agenda de treinos da seleção.

?Não é a primeira vez que deixamos a seleção, para um tempo. Não vamos deixar o nado para seguir carreira de apresentadora, modelo. Vamos adequar os trabalhos. Até porque o nado precisa de mais apoio, é um esporte caro?, disse Bia.

Para fazerem fotos de biquíni em ensaios, por exemplo, optaram por colocar 225ml de silicone (cada uma), em fevereiro deste ano. Na sexta-feira (12 de agosto), fizeram um ensaio fotográfico para a Adidas, que as patrocina desde o começo do ano. ?Mas o trabalho de apresentadora nos interessa mais do que modelo?, admitiu Branca. Elas não revelam quanto faturam por mês e quanto gastam para os treinamentos avulso no nado.

No Mundial de Desportos Aquáticos disputado este ano em Xangai, na China, a equipe brasileira (sem Branca e Bia), chegou à final, mas acabou na 12° colocação. No Pan de Guadalajara, os campeões por equipe e no dueto garantem vagas nas Olimpíadas de Londres, de 2012 ? as brasileiras Lara Teixeira e Nayara Figueira estão na disputa. Há depois também um pré-olímpico.

?Acho que as brasileiras têm que tomar cuidado com as norte-americanas e canadenses, mas as mexicanas investiram muito?, disse Branca. Elas não descartam uma ida à Olimpíada, e reintegração à seleção, em caso de classificação.

Só as músicas talvez mudem, por questão de superstição. Nas últimas apresentações, as gêmeas optaram por sons de artistas que morreriam logo depois. Em 2009 foi um mix de várias faixas de Michael Jackson, que morreu em 25 de junho daquele ano.

Em julho deste, já competindo fora da seleção, a dupla conseguiu terceiro lugar em competição nos EUA ao som de Amy Winehouse. Isso foi em 20 de julho ? três dias antes da cantora inglesa ser encontrada morta em sua casa, em Londres. ?Nossa, estamos escolhendo a dedo as músicas. Na próxima precisamos ter cuidado?, disse Branca.

Fonte: IG