Gravatas já não são mais elemento essencial no bem-vestir masculino

Pescoco limpo

Gravatas já não são mais elemento essencial no bem-vestir masculino. São poucas as instituições que ainda exigem o seu uso, ainda mais restrito com a decrescente formalidade de festas de casamento e cerimônias coorporativas. A resposta para a pergunta de Roberta tem mais a ver com o quanto de casualidade for adicionado na composição de cores e tecidos. Assim, terno escuro mais camisa clara, desde que bem cortados e que acompanhem o controno do corpo, já servem para manter a silhueta em ordem para reuniões de trabalho, jantares ou mesmo para sair à noite. A gola padre que ela cita não anda muito em alta, não. Melhor os colarinhos mais encorpados que ajudam a emoldurar o rosto. Ou então partir para algo mais tropical mesmo, aproveitando a onda dos tons neutros que todo mundo está falando, com camisetas e malhas com decote V ou camisas de linho com estampas de natureza (melhor de dia, à beira-mar). No inverno, um anoraque (aquele de bolso canguru com capuz) também ajuda no upgrade.



Fonte: AE