Grupos apoiados pela Prefeitura sobem na passarela do PIMH

Na primeira noite de desfiles do Piauí Moda House serão comunidades

Os pequenos produtores apoiados pela Prefeitura de Teresina, ligados à Economia Solidária e Criativa, vão ganhar mais visibilidade ao subir na passarela da primeira edição Piauí Moda House, evento que promete ser o maior do segmento no estado. Os desfiles acontecem entre os dias 28 e 30 deste mês, no Blue Tree Towers Rio Poty Hotel, a partir das 19 horas. Os empreendimentos assistidos pela Prefeitura abrirão as três noites. O destaque será a produção de grupos de expressão da cultura afro-brasileira, as biojóias e confecções feitas em nossa cidade. Amanhã (27), às 20 horas o evento será aberto com uma palestra da renomada estilista Glória Coelho, que possui mais de 40 anos de experiência na área. 

Image title

Na primeira noite de desfiles do Piauí Moda House serão as comunidades tradicionais de terreiro da capital que farão a diferença e vêm com o propósito de romper padrões na passarela da moda. A Tenda Espírita Umbandista Santa Bárbara, da mãe Eufrazina de Iansã, e o Terreiro Ilé Asé Odé Omin Layo, do pai Ítalo de Logun Edé, mostrarão ao público as mais deslumbrantes indumentárias produzidas nesses espaços. Os dois grupos devem levar quinze looks, que têm como principal composição o rechilieu, bordado rico e tradicionalmente utilizado nas vestimentas. Em seguida, o grupo cultural Afrocondarte fará um desfile com seus quinze looks que prometem causar impacto. Serão roupas e acessórios que representarão um pouco da beleza existente na identidade afro.

Já no segundo dia (29) do evento, quem mostrará todo o potencial da pequena produção serão as mulheres empreendedoras do Shopping da Cidade, que prepararam trinta looks. As peças terão como principal característica os tecidos leves, adequados às nossas altas temperaturas. Para deixar as produções mais sustentáveis e criativas, as biojóias feitas pela Cooperativa de Artesanato do Poti Velho e pela Associação Bioart darão um toque mais que especial nos looks. São peças feitas a partir de argila, sementes e fibras naturais.

Para finalizar a participação dos grupos incentivados pela Prefeitura de Teresina, as produtoras da Galeria do Fabricante buscarão reconhecimento através de seus trinta looks. O empreendimento mostrará confecções voltadas para o público feminino, marcadas pela presença das rendas e estampas. Para incrementar, as biojóias da Bioart e Cooperart também ganharão destaque. 

De acordo com o secretário municipal de Economia Solidária, Olavo Braz, a participação desses grupo em um evento desse porte explicita o sentimento de solidariedade à pequena produção feita em Teresina. " O objetivo da Prefeitura de Teresina em colocar esses grupos em uma passarela de um evento de moda é dar visibilidade às suas produções. É uma forma de exercitarmos o nosso sentimento de solidariedade junto a esses pequenos produtores, que, sem dúvida, merecem isso, merecem ser reconhecidos pelo seu trabalho, pelo papel importante que exercem na economia local", frisa o gestor. 

O Piauí Moda House contará ainda com exposições, lounges, palestras, talk shows, festas e presença de renomados e novos estilistas. Os talk shows acontecem sempre às 17h30. Dia 28 o assunto é “Educação está na Moda”, com Maia Veloso. Dia 29, “A importância da Arte Popular na Decoração”, com Arimatea Carvalho. Encerrando a programação dia 30, Lourena Sérvio com “A arte de receber com elegância”.

Fonte: Com informações da PMT