Juliana Paes posa em ensaio provocante para revista

Dou risada dessa coisa de sex symbol, diz Juliana Paes

Se hoje ela brilha como a Maya em "Caminho das Índias", antes da fama Juliana Paes já ralou muito. Em entrevista à revista "RG Vogue" de julho, a atriz conta que já trabalhou em uma locadora de vídeos e que posou nua por causa da grana. "Meu primeiro salário na Globo acho que eram uns mil reais, talvez nem isso. Mas eu tinha medo de não fazer mais trabalho nenhum, de me tornar uma celebridade efêmera.?

Como talento ela tem de sobra, e beleza também, Juliana se incomoda com quem só dá atenção a seus atributos (e que atributos!) físicos. ?Realmente dou risada dessa coisa de sex symbol. Quando as pessoas veem uma mulher bonita, não imaginam que estudou. Acham que você chegou lá pela sua beleza e preferem perguntar o que você come, que creme você passa, qual a sua série na academia. Logo para mim, que não piso numa há sete meses. Detesto ginástica. No fundo, acho que sou uma nerd que prenderam num estereótipo de sex symbol.?

Aos 30 anos, Juliana conta também que suas emoções andam à flor da pele. ?Tenho chorado por tudo, cantado por qualquer coisa, sou uma juke box ambulante. Fumo, como muito doce. Na TPM, então, fico insuportável. Reclamo de tudo, acho todo mundo inútil, incompetente. Mas não estou grávida, não. Acho um saco o povo ficar perguntando o tempo todo isso. Quero ter filhos, mas não agora?, avisa a atriz, hoje casada com o empresário Carlos Eduardo Baptista, mas que só teve autorização do pai para namorar aos 18 anos, quando também perdeu a virigindade.

Fonte: Ego, www.ego.com.br