Miss e mister apostam em funk e sertanejo e a beleza é carro-chefe

Miss e mister apostam em funk e sertanejo e a beleza é carro-chefe

As passarelas do mundo dos concursos de beleza não foram o bastante para eles.

As passarelas do mundo dos concursos de beleza não foram o bastante para eles. O Mister Alcatrazes 2014, Andrio Frazon, e a vice-Miss Mundo Brasil 2011, Mari Silvestre, decidiram apostar em algo que não depende somente dos atributos físicos e, sim, de técnicas vocais aperfeiçoadas. Ele quer seguir carreira como cantor sertanejo. Já a bela está com um pé no funk.

No último dia 10, Andrio participou do Mister Brasil e ficou entre os dez finalistas, não conseguindo alcançar a primeira colocação. Mesmo assim, o bonitão é confiante e conta que usa esse tipo de concurso para "promover a sua música e é uma auto-divulgação". "Canto desde criança. Cantava em bar e fazia churrasco de amigos. Minha carreira começou na bagunça", disse ele, que tem 24 anos e nasceu em Iporanga, interior de São Paulo.

Paralelamente a carreira de modelo, ele já se apresentou na Bolívia com as músicas autorais "Surpreendente", "Nosso Amor e a Natureza" e "Mais Tarde Tem Balada". Sem ser conhecido pela comunidade local, o contratante colocou uma foto do mister sem camisa para chamar público. Segundo ele, "deu super certo". "A beleza é o principal chamariz, mesmo sendo meio apelativo como na Bolívia. Fizeram a maior propaganda minha lá. Para fechar um show o que conta é a imagem. Quando eu canto, eles veem a qualidade só depois", explicou.

No You Tube, Andrio é conhecido como o "cantor de chuveiro" por fazer vídeos interpretando hits sertanejos somente de toalha. De acordo com o mister, a brincadeira rendeu convites para se apresentar em muitos lugares. "Não sou só um rosto bonitinho. Não vou parar de cantar nunca. Tenho conteúdo", definiu.

Em março, Mari Silvestre foi capa da Playboy e, desde 2013, é coleguinha no programa da Globo "Caldeirão do Huck". Dois meses depois, a miss já está gravando um clipe e tem projetos de um CD. Ela agora é funkeira e se inspira na cantora Anitta.

A vida na música começou quando um funkeiro do Rio de Janeiro escreveu uma canção para ela. Com conotação de brincadeira, Mari, que também é vencedora do concurso SupraNational 2014, gravou a música e resolveu publicá-la no You Tube.

"Daí para frente muita gente me procurou para cantar e disseram que eu tinha potencial. Comecei a estudar canto e continuei postando algumas coisas das aulas. Até que um empresário me procurou com um projeto pronto e só precisava de alguém com o meu perfil", explicou a miss, que tem 22 anos.

Com músicas como "O Suave é Viver" e "Quadradinho Descendo", Mari apostou em divulgar seu trabalho no Mister Brasil 2014 ? lá foi o seu primeiro e único show. De acordo com ela, o maior desafio neste momento é mostrar o seu "talento". "Não posso dizer que eu sou uma cantora preparada. As pessoas se surpreendem quando eu falo que eu canto. E isso é muito positivo", disse ela, que parou a faculdade de jornalismo para seguir a carreira de modelo.

A miss se diz eclética e uma admiradora de Ivete Sangalo. Por isso, acredita que possa investir em outros ritmos futuramente. No entanto, atualmente, ela quer "mostrar que o funk tem seu lado cultural". "Quero desmistificar o preconceito dos brasileiros com o funk", finalizou.

Fonte: UOL