Modelo brasileira vai colocar próteses de silicone que crescem

Modelo brasileira vai colocar próteses de silicone que crescem

Com prótese que cresce "naturalmente", ela quer voltar a recorde de 5,5 l.

A modelo brasileira Sheyla Almeida , de 32 anos, afirmou que vai trocar nesta sexta-feira (14) suas próteses de silicone atuais, de 3,5 litros em cada seio, por novas próteses de 4,5 litros, com um recurso que lhes permite crescerem ainda mais sem a necessidade de uma nova cirurgia.

"Estou muito nervosa", disse por telefone a modelo de Vitória, no Espírito Santo, enquanto ia ao aeroporto. Ela segue viagem para Cancún, no México, onde a cirurgia está marcada e deve ocorrer ainda nesta sexta (14).

O objetivo de Sheyla é voltar a deter o recorde mundial de maiores seios e barrar a modelo erótica norte-americana Chelsea Charms, e para isso pretende que eles continuem crescendo até os 5,5 litros. As próteses que a brasileira pretende colocar, de polipropileno, podem ser aumentadas "naturalmente" absorvendo fluidos corporais, sem a necessidade de um novo procedimento cirúrgico, e são do mesmo tipo das de Charms.

"Prometi a mim mesma que é a ultima cirurgia", afirma, relembrando a situação que a deixou em risco de morte no ano passado. Em razão de uma infecção bacteriana em seus seios após os implantes de 3,5 litros, os médicos alertaram que as bactérias poderiam chegar à corrente sanguínea e se espalhar por seu corpo.

Após diminuir os seios e dizer que não faria novas cirurgias plásticas, ela voltou atrás e acabou reimplantando as próteses de silicone de 3,5 litros em julho deste ano. Agora, com as próteses de polipropileno, ela diz novamente que não pretende fazer outras cirurgias depois desta, e se diz nervosa. "Medo eu tenho, não quero passar por aquele pesadelo nunca mais. Oro muito a Deus", afirmou.


Modelo brasileira vai colocar próteses de silicone que crescem

Além dos implantes, a modelo que mora desde 2002 em Houston, no Texas, disse que vai se submeter a um procedimento cirúrgico nas pálpebras e a outra lipoaspiração.

Reality

Ao modelo também afirmou que em novembro deste ano devem ter início as gravações de um reality show sobre pessoas que vão além dos limites com cirurgias plásticas para o canal de TV a cabo da apresentadora Oprah Winfrey, OWN. Além de Shirley, uma colombiana e uma porto-riquenha vão estrelar o show, segundo a brasileira.

Fonte: G1