Modelos plus size posam sexy para protestar contra o preconceito; fotos

Pensando nisso, a fotógrafa Adriana Líbini resolveu juntar três famosas profissionais da área para mostrar em um ensaio

O nicho de modelos plus size está cada vez mais forte na moda. Mas é inegável que ainda existe muito preconceito - não só no meio - em relação às pessoas, principalmente mulheres, acima do peso. Pensando nisso, a fotógrafa Adriana Líbini resolveu juntar três famosas profissionais da área para mostrar em um ensaio, intitulado como Sexy and Wild,Ri que podem ser tão sexy e poderosas quanto uma modelo padrão.

"Nosso objetivo com o ensaio é mostrar para as leitoras que estar acima do peso não as impede de serem admiradas, sensuais, de se aceitarem e até de se tornarem um novo padrão de beleza. Mostrar que podemos e devemos nos amar independente de peso", explica a fotógrafa.

Rita Carrera e Ingrid Kriigen, que são manequim 46, e Cléo Lima Fernandes, que usa tamanho 50, foram as responsáveis por dar vida ao projeto. As três dizem que já sofreram preconceito por causa das formas. "Tenho 19 anos e sofri minha infância toda bulling de colegas da escola me chamando de gordinha, por estar fora do peso. Me revoltei com o passar dos anos e só agora consegui dar o "troco" merecido aos preconceituosos. Eles vão ter que me aceitar", dispara Rita.


Modelos plus size posam sexy para protestar contra preconceito

Modelos plus size posam sexy para protestar contra preconceito

Modelos plus size posam sexy para protestar contra preconceito

Modelos plus size posam sexy para protestar contra preconceito

Modelos plus size posam sexy para protestar contra preconceito

Modelos plus size posam sexy para protestar contra preconceito

Fonte: EGO