Mulheres mostram no cérebro o medo de engordar

Elas sentem receio quando veem imagem de outra com sobrepeso

Pesquisadores da Universidade Brigham Young (BYU), dos Estados Unidos, observaram o cérebro de mulheres saudáveis por meio de ressonância magnética e identificaram a sensação do medo quando elas enxergavam imagens de outras mulheres com sobrepeso. O grupo de mulheres avaliado não tem histórico de distúrbios alimentares, por isso apresentavam pouca probabilidade de ter problemas com a imagem corporal. Mas, quando eram expostas a imagens de mulheres com sobrepeso, o cérebro ativava uma parte que processa a identidade e a autorreflexão. Homens colocados na mesma situação não apresentaram nenhuma reação. O estudo foi produzido por Mark Allen, neurocientista da BYU, pelo estudante Tyler Owens e pela professora de Psicologia da BYU Diane Spangler. A motivação para o estudo foi comparar as reações que ocorrem entre as mulheres com distúrbios alimentares e as saudáveis. Já se sabia que as anoréxicas e bulímicas, ao verem a imagem de uma outra mulher com sobrepeso, ativam no cérebro a parte da autorreflexão, o que indica uma extrema infelicidade e, em alguns casos, a aversão a si mesma. Spangler disse que as mulheres são bombardeadas com mensagens que espalham o ideal de magreza, por isso o cérebro acaba respondendo a essas imagens. – Eu acho que essa é uma ideia falsa e infeliz sobre si mesma, criando grandes riscos para distúrbios alimentares e de humor.

Fonte: r7