"Na época da banheira, colocaram a mão lá", diz Solange Gomes

Após 13 anos, modelo voltará a se apresentar dentro de hidromassagem: "Uma galera não conhece; tem apelo sensual, mas é uma brincadeira".

Basta acionar o funcionamento da banheira de hidromassagem da suíte presidencial do hotel Panda, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, para Solange Gomes exclamar na hora diante do movimento da água no depósito arredondado: "Ai, que emoção!". Treze anos depois de ganhar fama nacionalmente graças ao quadro "Banheira do Gugu", do "Domingo Legal", a modelo está prestes a voltar a impedir que seu oponente consiga encontrar o maior número de sabonetes debaixo d"água. A partir de dezembro, ela promete fazer a brincadeira ousada em eventos e casas noturnas.



"Meus amigos pediam a volta da banheira há um tempão. Eu falava: "Não, nem pensar! Vão dizer que a Solange não evoluiu, que está vivendo de passado". Mas vi que é uma besteira. As Scheilas dançam o Tchan até hoje, a Xuxa fez um programa outro dia, usando xuxinha, lembrando o seu antigo infantil, e a banheira apareceu até numa premiação da MTV. Fez muito sucesso e as pessoas me conhecem até hoje por isso. Por que não apresentá-la ao jovem de agora? Uma galera não conhece; tem apelo sensual, mas é uma brincadeira", define Solange, aos 38 anos, ansiosa com o projeto "Banheira de Verão", para o qual negocia parceria com duas empresas do setor. "Nem todas as casas têm banheira aquecida ou uma à disposição para o show", completa ela, que ainda decide se fará o striptease antes de entrar na água que marcou a época.

A volta das performances de biquíni ("Talvez agora faça de maiô, estou decidindo ainda, já que não tenho mais 26 anos") provoca lembranças. Nem sempre agradáveis. "Teve um participante que foi muito saidinho. Como a água é bem azul para dificultar o encontro dos sabonetes, as mãos fazem o que querem. Tem essa malícia. Colocaram a mão lá dentro, por baixo do biquíni. Praticamente um exame ginecológico. Foi um pagodeiro, mas não foi o Waguinho, o pai da minha filha, Stephanie. Encontrei com o saidinho outro dia no Barra Music e ele perguntou da banheira. Fiquei passada na hora", confessa Solange.

As "apalpadas" eram inevitáveis. "Com o movimento do sabonete, não tem como não ganhar muita mão-boba. Os mais atrevidos na época da brincadeira foram o Anderson, do grupo Molejo, e o Tiririca", relembra ela, que quase se machucou uma vez. "O cantor Vavá foi muito grosseiro comigo. Me jogava de um lado para o outro. Quase bati o pescoço na quina da banheira durante o embate com ele", conta. Segundo ela, não faltou ainda a "barraca armada". "Só aconteceu uma vez de alguém ficar desse jeito. Foi com o Waguinho, com quem já rolava uma paquerinha. As cantadas rolavam soltas depois que acabava o programa", recorda.



Assim como nos velhos tempos, a nova temporada da banheira terá famosos. "Vou convidar muita gente legal. De preferência, os mais gatinhos, né? Estão na minha mira o Luan Santana e o Gusttavo Lima. Acho difícil o Luan aceitar, mas gostaria muito. O Gusttavo só vou deixar entrar na água se estiver de sunga branca", diverte-se Solange.

Apesar da empolgação com as celebridades, a modelo não quer saber de se envolver com homens que estão sob os holofotes da mídia. Ela explica o motivo. "Os caras famosos fazem sexo muito rápido, pois já querem pegar outra mulher. No geral, eles não fazem direito. Um jogador de futebol, que não foi o Renato Gaúcho, até broxou comigo. Todos são iguais. É muita facilidade para eles. Tem muita mulher em cima. Não precisam se empenhar para ser bom. Nem me empolgo mais com famosos. E já passei dessa fase de namorar com celebridades só para aparecer. Prefiro os meus anônimos na encolha", desabafa Solange, que está solteira "mas não sozinha", sem identificar seu atual par.

Falando em desempenho na cama, Solange discorda da opinião de Nicole Bahls, que revelou ao EGO que está cansada de ser traída por não "dar o bumbum". "Não vou dizer se faço ou não o sexo anal. Prefiro deixar na imaginação masculina. Prefiro não dar dica para ninguém copiar. É comum o homem querer fazer, mas não acho que seja da forma que a Nicole falou. Não acho que seja assim. O homem vai trair sempre. As mulheres têm que estar preparadas para serem traídas. Nem olho mais o celular para não pirar com isso. Prefiro acreditar que ele estava numa reunião", conforma-se.

Rainha da Porto da Pedra, escola de samba na qual desfila há 18 anos, a modelo comemora a novidade no próximo Carnaval, abrindo o desfile da agremiação na Sapucaí, agora no Grupo de Ouro. "Era um desejo antigo. É uma responsabilidade grande. Vou estar à frente até da comissão de frente", festeja Solange, que está fora do Carnaval paulista. "Estou cansada e com preguiça, por isso não vou desfilar em São Paulo", confessa ela, que não perde os ensaios da Porto, com ou sem calcinha: "Estava sem lingerie no último ensaio. Estava com um macacão justo. Como vou usar calcinha com aquela roupa? Gosto dessa sensualidade. Não acho vulgar. Vulgar é estar sem calcinha e se deixar ser fotografada com a perna aberta. Isso não! Tenho uma filha!".

A preparação para a folia já começou. "Corro diariamente na areia fofa da praia do Recreio dos Bandeirantes (na Zona Oeste do Rio), onde eu moro. Estou fazendo dieta também, comendo salada e sopa. Tenho celulite, sim, é normal nas mulheres, mas tenho bem menos do que muita menina mais nova por aí. Não malho pesado, mas quero perder mais dois quilos, ficando com 64kg", planeja a morena, de 1,62m. Ela se sente bem com seu corpo aos 38 anos: "Tirando o silicone (455ml) nos seios, sou natural, não tomo anabolizante e não fiz uma plástica. Acho que estou muito bem".

Depois de sete ensaios, Solange não pretende mais posar nua

Apesar de viver dos poucos trabalhos como modelo, Solange não passa dificuldades financeiras e cria sua filha, Stephanie, de 12 anos, sozinha, já que o pai, o cantor Waguinho, não paga pensão em dia. "Ele só paga quando é ameaçado de ser preso. Este ano, só pagou uma vez, retroativo a três meses, para não ir para a cadeia. Ele é pai e quero que ele pague. Waguinho não tem relação com a filha. Não liga, não procura saber. Sou pai e mãe", afirma ela, que vive também da renda de imóveis que comprou com o cachê de sete ensaios de nudez em revistas masculinas. "Vivo mais dessa renda hoje em dia. Depois que terminei meu casamento (ela ficou com o empresário Marcelo Tadeu de 2001 a 2009), tive que recomeçar. Estou sempre batalhando para nunca faltar nada para a minha filha, para que a Stephanie tenha um futuro. Não passo dificuldades financeiras", garante ela, que não pretende mais posar nua: "Só se a grana for muito boa".

Mãe coruja, Solange quer ver a filha cantora. "Stephanie já desfilou comigo, é muito alta para a idade e adora fazer poses. Vou deixar ela escolher o que quer ser. Mas adoraria ter uma filha cantora. Acho lindo", diz Solange, prestes a estrear no cinema no filme "A+", dos diretores Ricardo Zimmer e Oscar Dias. "Já li uma parte do roteiro e estou empolgada. Faço a personagem Joanna, que foi infectada pelo vírus da Aids pelo marido, Peter, que será feito pelo Marcello Novaes. Ele a trairá com outro homem.

Estou à disposição para o início das filmagens, mas ainda não tem data", conta ela, que já fez participações como atriz em diversos programas de TV, como o "Casseta & Planeta".

Fonte: EGO