Naomi Campbell promove desfile beneficente pelo Haiti

Top diz que passarela terá famosos da música, do cinema e do esporte

A modelo britânica Naomi Campbell anunciou nesta quinta-feira (4) que organizará durante a próxima Semana da Moda de Nova York um desfile beneficente para arrecadar fundos para a reconstrução do Haiti com a ajuda de outras estrelas do mundo da moda.

"A recente tragédia no Haiti, na qual morreram tantas pessoas e outras se viram severamente afetadas pelo terremoto, especialmente mulheres e crianças, me entristeceu enormemente", disse Naomi em comunicado, ao anunciar que doará o lucro obtido com o desfile para reparar o sistema de saúde do país. A modelo organizará o evento, que faz parte da série Fashion for Relief, no próximo dia 12.

"A moda é algo universal e pessoal, que comove todo o mundo", disse Naomi, ao explicar que seu objetivo é utilizar "a passarela nova-iorquina para chegar às pessoas e conseguir fundos que salvem as vidas de crianças e mulheres".

A modelo britânica, que lançou este tipo de desfile em Nova York em 2005 para ajudar as vítimas do furacão Katrina e organizou outros no Reino Unido, Índia e Tanzânia, voltou a convidar alguns de seus melhores amigos e escolheu Sarah Ferguson, duquesa de York, como a apresentadora do evento deste ano.

"O desfile unirá sobre a passarela rostos conhecidos do mundo da moda, da música, do cinema e do esporte, que vestirão glamourosas peças criadas pelos estilistas mais respeitados do mundo", acrescenta o comunicado. Algumas das criações exibidas serão leiloadas. O valor obtido com as vendas, assim como a renda da venda de ingressos, será destinado à organização humanitária CARE.

A lista final das modelos e estrelas que desfilarão a pedido de Naomi ainda não foi divulgada, mas a top model já disse que conta com a colaboração da famosa estilista Rachel Zoe, que ficará responsável pelo desfile. Famosos como Beyoncé, Boy George, Sean "Diddy" Combs e Ronan Keating, além de modelos como Iman, Claudia Schiffer e Kate Moss, entre outros, participaram de edições anteriores do Fashion for Relief.

Além disso, o estilista Marc Jacobs, diretor criativo da Louis Vuitton, criou uma bolsa especial da marca que será leiloada pela internet em março e cujo valor também será destinado à reparação do sistema de saúde haitiano. As entradas para o desfile deste ano serão vendidas a partir desta sexta-feira (5) e custarão entre US$ 100 e US$ 150.

Fonte: g1, www.g1.com.br