Para conseguir engravidar, jovem muda dieta e perde mais de 35 kg

Para conseguir engravidar, jovem muda dieta e perde mais de 35 kg

Com só 21 anos, a jovem Andresa Gravino Corrêa, de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, tem muita história para contar.

Com só 21 anos, a jovem Andresa Gravino Corrêa, de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, tem muita história para contar. Casada há 5 anos, ela teve que mudar todo seu estilo de vida para conseguir engravidar. ?Estava com quase 100 kg e fui ao ginecologista para ver o que eu precisava fazer para ter meu filho. Ele disse que eu estava obesa e que não tinha chance nenhuma de gravidez. Saí de lá apavorada, chorando muito?, lembra.

Porém, o susto dado pelo médico acabou trazendo benefícios para Andresa. ?Ele acabou comigo, mas hoje eu agradeço porque me deu não só um toque, um tapa mesmo?, avalia. Na época, com 19 anos, a carioca fez exames e descobriu que estava com ovários policísticos e colesterol alto. ?Fui encaminhada para uma nutricionista para fazer uma reeducação alimentar e mudar todo meu estilo de vida?, conta.

Acostumada a comer ?só bobeira?, como ela mesma define, a jovem teve que aprender a gostar de novos alimentos, muito mais saudáveis. ?Eu trabalhava com comércio e, por causa do horário puxado, ficava sem comer o dia todo e chegava em casa morrendo de fome. Então, comia pizza ou hambúrguer, o que me fez engordar muito em 9 meses?, diz.


Para conseguir engravidar, jovem muda dieta e perde mais de 35 kg

A primeira dica da nutricionista foi fracionar a alimentação a cada 3 horas, hábito que Andresa não tinha. ?Era difícil fazer isso, mas hoje eu faço sem perceber porque virou rotina já. Então hoje ando com uma barrinha de cereal ou uma fruta para comer nos intervalos das refeições?, conta. Para ajudar na reeducação, ela se demitiu do trabalho e conseguiu emprego em uma escola, para cuidar de crianças. ?Comecei a trabalhar das 12h às 18h, então de manhã eu caminhava 40 minutos e conseguia seguir a dieta ao longo do dia?, lembra.

Dentro do planejamento proposto pela nutricionista, estavam frutas, integrais, salada e nada de refrigerante. ?Antes, eu tomava refrigerante que nem água e não comia fruta nenhuma. Mudei tudo isso, mas nunca passei fome?, diz a jovem. Para ajudá-la, o marido também começou a se alimentar melhor e acabou perdendo 12 kg. ?Se não fosse ele, eu não teria conseguido?, avalia a esposa.

No meio de 2012, quando chegou aos 84 kg, Andresa ficou grávida de gêmeos, mas a gestação acabou em um grande trauma. ?Em dezembro, quando estava com 5 meses, tive que fazer parto normal e perdi os dois filhos por problemas na placenta?, lembra. Decidida a não entrar em depressão, ela resolveu pensar positivo e se esforçar ainda mais para perder peso para ter uma próxima gravidez sem complicações. ?Fiquei 7 horas em trabalho de parto e achei que fosse morrer. Se não fosse esse meu novo estilo de vida, eu podia ter ficado deprimida, mas consegui superar?, conta.

Depois da gravidez, Andresa chegou aos 94 kg, mas continuando com seus hábitos saudáveis, logo conseguiu perder 30 kg e chegar a seu peso atual, 64 kg. ?Comecei a fazer musculação para manter o peso. E hoje já me permito comer uma coisa ou outra, mas sempre em pouca quantidade?, diz a carioca. Depois de todo esse tempo, ela conta que aprendeu seu limite e a comer bem menos. ?Se vou a uma festa, como um pedaço pequeno de bolo. Antes eu comia 2 ou 3 pedaços?, lembra.

Com seu novo peso, a jovem acredita que tiveram muitas mudanças em seu dia a dia. ?Trabalho com crianças e não tinha o pique delas. Hoje eu brinco, faço rodinha e até cruzo as pernas, coisa que eu não conseguia?, lembra. Com só 21 anos, ela diz que aprendeu a dar valor à vida depois de emagrecer. ?Eu sou muito nova e estava ficando doente. Tinha muita coisa para aproveitar, mas ficava em casa o tempo todo. A vida está aí para ser vivida e eu não estava vivendo?, avalia.

Atualmente mais animada, viajando mais e aproveitando cada momento ao lado do marido, ela diz que não deixa de ter um sorriso no rosto. ?Sou uma pessoa alegre e estou muito feliz com a minha vida?, analisa. Andresa está em um momento tão bom que já planeja a próxima gravidez. ?Meu médico já me liberou para engravidar de novo. Ele disse que cada gravidez é diferente e, se Deus quiser, vai dar certo?, acredita.


Para conseguir engravidar, jovem muda dieta e perde mais de 35 kg

Fonte: G1