Para manter o corpo, Carolinie Figueiredo faz yoga na gravidez

Para manter o corpo, Carolinie Figueiredo faz yoga na gravidez

Aos seis meses de gestação - e com oito quilos a mais -, a atriz já pensa em retomar a boa forma

A pressão arterial de 8/5 de Carolinie Figueiredo não condiz com o corre-corre diário da atriz com os preparativos para a chegada de sua primeira filha, Bruna Luz, e com as atividades a que se dedica desde que soube da gravidez. Uma delas é a yoga para gestantes, que ela descobriu quando buscava informações sobre parto e amamentação na internet.

"Estava perdida quando encontrei o blog da Ângela (Mattos, professora de yoga), chamado "A hora do bebê". Comecei a fazer com três meses de gestação. Também faço natação, hidroginástica, caminhada e drenagem. Minhas amigas dizem que estou com vida de madame", contou Carolinie.

Aos seis meses de gravidez - e com pelo menos oito quilos a mais -, a atriz se mostra preocupada em retomar a boa forma após o nascimento da filha. Ela havia emagrecido 14 quilos meses antes de engravidar.

"Claro que bate uma insegurança. Nunca estive tão magra como nos últimos quatro anos. Mas sei que vou conseguir emagrecer de novo. Sou nova e determinada. Não sei nem se engordei mais, porque só me peso na consulta médica. Vou amamentar até quando puder, e, depois, voltar a fazer muay thai."



Carolinie está entrando no último trimestre de gravidez e diz que está cada vez mais sensível e sonolenta. "O segundo trimestre é o mais gostoso porque o enjoo e o cansaço passam. Agora tenho vontade de passar mais tempo deitada. Também estou muito sensível. Choro vendo a Bruna mexer na minha barriga e converso com ela o tempo todo", disse a atriz, que mora há dois anos com o pai de sua filha, o ator Guga Coelho.

Tanto ele quanto Carolinie acertaram o sexo do bebê que esperam para novembro: "Uma vez, sonhei com uma menininha sentada, me olhando, que parecia muito comigo. Cheguei a levar isso para a terapia. Sempre quis ter filho homem, mas o Guga teve certeza de que era uma menina desde o início."

Fonte: EGO