Pele sem viço, com rugas e opaca? Isso pode ser excesso de açúcar

Saiba o que é glicação, processo que leva à destruição dos radicais livres responsáveis por manter o rosto jovem, e como evitar o problema.

Diariamente você passa um sem número de cremes no rosto e não fica satisfeita com sua pele? Ela acorda opaca, sem viço ou elasticidade, as rugas não diminuem, erupções como pequenas espinhas aparecem todas as semanas e as manchas são cada vez mais visíveis? Dá até vontade de jogar todo o arsenal de produtos no lixo, né? Calma! O que pode estar ocorrendo é a ingestão exagerada de açúcar.


Pele sem viço, com rugas e opaca? Isso pode ser excesso de açúcar

Quando isso acontece, inicia-se a glicação, um processo nocivo para o organismo. A glicose adere às proteínas circulantes no sangue que possuem um potencial para atrair moléculas de oxigênio formando os chamados AGEs - Advanced Glycotion end Products. Daí o envelhecimento precoce da derme.

O bom de saber logo se isso ocorre em seu organismo é que há como combater o agente sabotador de uma pele linda. "Quanto antes o cuidado com a pele for iniciado, menor será o impacto no envelhecimento. De modo geral, os AGEs podem ser combatidos através de dieta, suplementos e produtos tópicos", diz Marcela Frias, nutricionista da Clínica Dicorp.

Reduzir a ingestão de açúcar também quer dizer cortar do cardápio, além do produto refinado, os carboidratos simples que se transformam em glicose. Recentemente, Giovanna Lancellotti declarou que tirou o açúcar da dieta, perdeu quatro quilos e mantém a pele lindinha. Ok, pode-se dizer que ela é nova e tal, e que com 20 anos é fácil. Mas o que dizer da pele cintilante de Halle Berry, aos 46, e Michelle Pfeiffer, aos 55 anos? As estrelas hollywoodianas também dizem não ao acúcar e ao carboidrato. "Para prevenir a glicação, deve-se diminuir a ingestão de carboidratos simples com alto índice glicêmico, como açúcares e doces, arroz branco, pão branco, macarrão, batata e massas em geral, e dar preferência aos carboidratos complexos de baixo índice glicêmico e ricos em fibras, como arroz e pão integrais, aveia, linhaça, chia, quinoa, feijão, soja, grão de bico, verduras e frutas com casca", enumera Marcela.


Pele sem viço, com rugas e opaca? Isso pode ser excesso de açúcar

Os efeitos da glicação, segundo o dermatologista Júlio César Nogueira, do W Spa, começam a aparecer entre os 30 e 35 anos. "Por isso, a construção de novos hábitos alimentares, associados a um estilo de vida saudável, podem ser considerados fatores antiage, pois irão fornecer mais antioxidantes ao sistema, responsáveis por combater as toxinas e evitar os processos inflamatórios", alerta.

Fonte: EGO