Perca até 2 kg por mês sem abrir mão da pizza com cerveja

Como comer e beber são considerados eventos sociais, não se pode tirar os prazeres da vida.


Perca até 2 kg por mês sem abrir mão da pizza com cerveja

Estar de dieta e ainda assim poder comer pizza e tomar cerveja parece um sonho, mas segundo a nutricionista funcional da Unesp Natália Baraldi é possível emagrecer até dois quilos em um mês sem riscar esses itens do menu. "Se a pessoa tem disciplina, não precisa restringir nada... Claro que não pode comer pizza todos os dias, mas acrescentar o alimento ao cardápio faz com que o paciente fique menos resistente à dieta que o nutricionista propôs", explica.

Baraldi afirma que, como comer e beber são considerados eventos sociais, não se pode tirar os prazeres da vida de uma pessoa ao mesmo tempo em que se reduz a quantidade de alimentos que ela consome. "Quando alguém conquista algo que sempre quis todo mundo sai para comer e comemorar, portanto, como é difícil mudar o estilo de vida, é preciso instituir as mudanças aos poucos", revela.

Ela recomenda comer pizza apenas duas vezes por mês e dar preferência às de massa fina. "É sempre melhor optar pelas pizzas com vegetais, como brócolis e rúcula, e sempre evitar as mais gordurosas", acrescenta Baraldi.

Já a cerveja está liberada todos os dias, desde que não haja nenhuma contra-indicação. E, atenção, é preciso limitar a dose. "Um copo de cerveja por dia não faz mal para o organismo e há até estudos que relacionam o consumo da bebida a menores índices de massa corporal (IMC) e menos risco de diabetes e hipertensão", afirma a nutricionista, que não indica o consumo de álcool de forma indiscriminada.

No dia a dia, o cardápio elaborado por Baraldi prioriza frutas, legumes, verduras e carboidratos integrais. "No café da manhã, o ideal é apostar em um suco natural com fibras, como aveia ou quinua, e no lanche da tarde nunca deixar a fruta sem o acompanhamento de uma oleaginosa", afirma.

No almoço, a dica é evitar frituras e apostar em carnes magras acompanhadas de arroz integral e feijão. "Verduras e legumes, cozidos ou não, podem ser consumidos sem nenhum tipo de restrição", descreve. Ela sugere, ainda, apostar na sardinha e em outros peixes.

De acordo com Baraldi, os alimentos da ceia devem estimular a serotonina para ajudar a emagrecer. "Para perder peso não adianta apenas restrição calórica. É preciso de macronutrientes que ajudem a queimar a gordura e eliminá-la de vez do corpo", explica.

Confira abaixo o cardápio elaborada pela nutricionista:


Perca até 2 kg por mês sem abrir mão da pizza com cerveja

Fonte: UOL