Perder peso pode melhorar sintomas da depressão

Os cientistas montaram um programa de emagrecimento com duração de seis meses

Perder peso e voltar a ficar de bem com a balança não garante apenas corpo bonito, bom humor e saúde física. Também pode colaborar no tratamento da depressão, como constatou um estudo de pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Os resultados foram apresentados no 17° Encontro Anual da Sociedade para o Estudo do Comportamento Ingestivo, na cidade americana de Portland, em Oregon. Os cientistas montaram um programa de emagrecimento com duração de seis meses. O grupo de 51 participantes, que contava com depressivos e não-depressivos, mudou o estilo de vida e fez substituições no cardápio. No final, além de todos emagrecerem significativamente (depressivos totalizaram 8% menos peso, enquanto os outros chegaram a 11%), os portadores da neurose conquistaram melhoras nos sintomas da doença, o que foi concluído por meio de um questionário.

"A pesquisa é inovadora, pois deprimidos normalmente não são incluídos no processo de perda de peso devido à preocupação de que o fato possa piorar a depressão", disse Lucy Faulconbridge, autora principal da pesquisa. "Essas preocupações, no entanto, não são baseadas em evidências empíricas e a exclusão de indivíduos deprimidos da perda de peso significa que não estamos aprendendo nada sobre essa população de alto risco", disse ao site Science Daily.

Os depressivos também obtiveram redução nos níveis de triglicérides no sangue, diminuindo as chances de desenvolver patologias cardíacas e acidente vascular cerebral. "Depressão e obesidade estão independentemente associadas ao risco aumentado desses problemas e, por isso, a redução no peso corporal e dos sintomas da depressão sugerem melhoras na saúde a longo prazo", disse Lucy. Os dados fornecidos pela pesquisa destacam a necessidade de mais investigação sobre os efeitos da redução do peso em quem sofre de transtornos psiquiátricos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br