Pimenta contém nutrientes que pode "esquentar" a vida a dois

A pimenta tem poder afrodisíaco: aquece o corpo e anima na "hora H"

A fama de que alguns alimentos podem dar uma "turbinada" na vida sexual, estimulando a libido e o desempenho na "hora H" surgiu há séculos. Ovo de codorna, amendoim, chocolate e pimenta estão entre os mais populares. Mas será que funcionam mesmo?

"Não há prova científica de que um alimento funcione no tratamento de disfunções sexuais ou transforme a pessoa numa máquina de sexo. Mas muitos causam reações fisiológicas similares às do ato sexual, como aumento dos batimentos cardíacos e suor. Outros têm nutrientes que dão energia e ajudam na produção de hormônios sexuais, como zinco e selênio, presentes na ostra, por exemplo", cita a nutróloga Regina Mestre.

Quanto ao ovo de codorna e amendoim, Regina garante que tudo não passa de mito. "São calóricos e não causam reação fisiológica." Já pimenta e chocolate animam. "Pimenta age no fluxo sanguíneo, dando uma aquecida no corpo, daí o efeito afrodisíaco. Chocolate é energético, como catuaba e guaraná. E por conter teobromina, eleva o humor e dá sensação de prazer", explica.

Para aguçar os sentidos, especiarias são aliadas, pois produzem odores estimulantes. E há alimentos que, por parecerem com órgãos sexuais, podem despertar o desejo. "Banana, pepino, morango, pêssego e figo partidos ao meio... Isso tudo, num cenário romântico, atiça a imaginação", sugere a nutricionista Sylvia Pamplona.

O fotógrafo Augusto Navarro, 42 anos, conta que já comprovou os efeitos dos afrodisíacos. "Dão um pique extra. Sou fã de ostra. O corpo esquenta e fico com vontade de namorar." Já a atriz Rogéria Capetine, 29, aposta nas frutas vermelhas. "O morango está sempre no cardápio quando quero estimular o desejo sexual", revela.

Porém, é importante destacar que certos alimentos devem ser evitados, pois exercem ação nada propícia ao clima romântico: frituras e carnes gordas, que dificultam digestão; couve, repolho, couve-flor e leguminosas, como feijão, lentilhas e batata doce, que provocam gases pelo teor de fermentação; além de alho e cebola, que causam mau hálito.

Dieta correta e exercícios: disposição

O endocrinologista Michael Amorim destaca a importância da alimentação saudável aliada à prática de exercícios para o bom desempenho sexual. "Afrodisíacos atuam como coadjuvantes, não como um "viagra". Dieta equilibrada e hábitos saudáveis dão bem-estar e fazem o corpo funcionar bem", esclarece.

Para Pietro Carlo, professor de Educação Física da Acqua Fitness Club, quem se exercita ainda tem a auto-estima elevada. "A pessoa se sente mais confiante com o próprio corpo", comenta. "O ato sexual também envolve resistência, flexibilidade e condicionamento cardiorrespiratório. Todos podem ser treinados com exercício", completa.

Veja o cardápio para aumentar o desejo sexual

Futas

Abacate, abacaxi, morango, figo, mamão papaya, açaí, banana, cacau: são fontes de vitaminas, antioxidantes e dão energia.

Ervas e temperos

Açafrão, baunilha, canela, cravo, mostarda, noz moscada, ginseng, pimentas de vários tipos: com seus aromas intensos e sabor picante, estimulam a circulação sanguínea e a libido.

Frutos do mar

Ostras, atum, camarão, salmão, mariscos e frutos do mar em geral: são os estimulantes mais poderosos. Ricos em zinco, iodo, selênio e fósforo, regulam a produção dos hormônios sexuais e, como contêm pouca gordura, aumentam a disposição para o sexo.

Óleos vegetais

Azeite, canola, girassol, milho, linhaça: fontes de ômega 6, dão energia para a mobilidade dos espermatozóides.

Mel e bebidas

Mel: rico em vitaminas, estimula a produção de hormônios sexuais.Guaraná: dá mais energia. Vinho: é rico em polifenóis, poderoso antioxidante. Uma taça de vinho relaxa e ajuda a estimular os sentidos.

Receita: Camarão do amor ao molho picante

Ingredientes

1/4 xícara (chá) de manteiga

1 xíc (chá) de salsão picado

1/2 xícara (chá) de pimentão verde picado grosso

2 col (sopa) de cebola picada

1/4 xícara de farinha de trigo

Sal e molho de pimenta

Páprica picante (a gosto)

Pimentas dedo de moça e do reino (a gosto)

2 col (chá) de molho inglês

4 xíc (chá) de camarão cozido

2/3 xícara (chá) de leite

1/4 xícara (chá) de queijo parmesão ralado

Modo de preparo

Derreta a manteiga e refogue o salsão, o pimentão e a cebola por 5 min. Junte a farinha de trigo, o sal e o molho de pimenta, as pimentas, a páprica e o molho inglês. Mexa bem. Jogue o leite aos poucos. Cozinhe até engrossar. Tire do fogo. Adicione o camarão e misture. Despeje numa forma de alumínio e salpique com queijo. Leve ao forno por 40 min., ou até dourar. *Por Demétrio Oliveira, chef do restaurante Jerimum do Nordeste

Fonte: aaaaaaaaaaaaa