Pressa para emagrecer causa depressão

O problema é que, em busca do corpo perfeito que não foi conquistado nos últimos meses, tem gente por ai exagerando nas cobranças

 Muitas pessoas têm perguntado: ‘será que dá tempo de emagrecer antes do fim do ano’? Dá. Quer dizer, enxugar dez quilos, pelo menos com segurança, não vai funcionar. Mas desinchar, perder os excessos e sentir-se mais leve e, claro, sensual, pode ser sim, possível.

O problema é que, em busca do corpo perfeito que não foi conquistado nos últimos meses, tem gente por ai exagerando nas cobranças. Como isso se reflete? Em dietas extremamente restritivas e em uma carga excessiva de exercícios físicos. Segundo reportagem da revista português “Prevenir”, a ansiedade gerada pelo medo de encarar a temporada de verão carregando os quilinhos que teimam em fazer companhia forma o cenário perfeito para o surgimento de distúrbios emocionais. Segundo profissionais, a ânsia por não poder comer o que deseja, gera mais inquietação – sentimento que em muitos aumenta o apetite.

Assim, come-se mais, ficando ainda mais deprimidos. Para vencer esse ciclo vicioso, deve-se considerar que mesmo que os dez quilos não sumam, dois ou três podem fazer uma enorme diferença para sua autoestima. Além disso, encontrar susbtitutos para preencher o ‘vazio’, que parar de comer sempre o que se quer pode deixar em sua rotina, pode ser uma saída.

Que tal desabafar suas expectativas com pessoas passando pela mesma situação? Dos grupos que se encontram semanalmente, a blogs na internet, não faltam pessoas vivendo exatamente a mesma coisa.

Fonte: Abril, www.abril.com.br