Recém-formada em Nutrição, Cynthia Howlett dá dicas de alimentação;veja

Apresentadora terá programa na TV sobre mitos e verdades em dietas. E alerta: "Ninguém se sustenta com dietas radicais por muito tempo"

A apresentadora Cynthia Howlett dá novos passos profissionais. Aos 36 anos, ela acaba de concluir sua terceira faculdade. Formada em Direito e Jornalismo, a mulher do ator Eduardo Moscovis acaba de se formar em Nutrição. O motivo? Ter mais conhecimento para apresentar seu novo programa, previsto para estrear na TV a cabo no ano que vem.

?Eu sempre gostei desse universo que envolve natureza, esportes e saúde. Senti uma necessidade de me aprofundar no tema sobre alimentação, que é muito complexo. Quero ter propriedade e conhecimento científico do que estou falando. Dar dicas aleatórias ou sem embasamento não é interessante?, afirma a carioca, que vai comandar nos próximos meses um programa sobre os mitos e verdades dos alimentos.

Durantes os últimos quatro anos de estudo, Cynthia acredita que dietas radicais não ajudam na perda de peso. ?Não acredito no funcionamento total dos kits detox que estão na moda. Eu acho que pode ajudar no começo, mas ninguém se sustenta com dietas radicais por muito tempo?, aponta a nova nutricionista, que é vegetariana há 20 anos e fã da alimentação orgânica.

Na opinião de Cynthia, a maior dificuldade para quem faz dieta é manter uma alimentação equilibrada. ?As pessoas precisam ter prazer nos que fazem. Não adianta passar três meses no maior sacrifício. Muitas restrições não fazem bem. A substituição de alguns alimentos precisa ser gradativas?, acredita.

Suco verde e tapioca

Substituir alguns itens nas refeições pode ajudar ou prejudicar o organismo. Sobre a moda ?dieta sem glúten e sem lactose?, Cynthia faz uma alerta: ?Se a pessoa não é intolerante e corta radicalmente, a possibilidade dela se tornar intolerante é altíssima. Isso pode ser bem perigoso?, diz ela, que não substitui o pão integral por uma tapioca no café da manhã.

Apesar de ser adepta do suco verde, rico em vitaminas e ótimo para as crianças, ela explica que a ?moda da tapioca? esconde alguns malefícios para quem leva uma vida sedentária. Por apresentar alto índice glicêmico, a farinha de mandioca funciona muito bem para antes ou depois do exercício.

?Se não queimar o açúcar, ele irá direto para o tecido adiposo e a pessoa vai engordar. Não tem erro. Se consumiu, tem que gastar. É uma questão de matemática (risos). Hoje as pessoas estão preocupadas só com a alimentação e esquecem das atividades físicas. As duas coisas precisam caminhar juntas?, esclarece Cynthia, que pratica pilates e costuma correr de São Conrado, onde mora, até a praia do Leme.

Ela também vê com ressalvas as blogueiras no cenário fitness. ?Acho que para estimular as pessoas a malharem é válido. São sempre fotos lindas, corpos maravilhosos e lugares incríveis. Mas nem todas as dicas funcionam da mesma maneira para as pessoas. Isso acaba causando frustrações?, afirma Cynthia, que se prepara para correr pela primeira vez os 42 km da Maratona do Rio, em julho.

Alimentos poderosos

Cynthia segue a filosofia ?nada faz mal, o problema é o excesso?. Incluir legumes e frutas no cardápio é algo necessário para qualquer idade. E o limão pode ser um forte aliado. ?Além de ser antioxidante e rico em vitamina C, é um ótimo alcalinizante. Se for consumido em jejum, ajuda a regularizar o pH do sangue. Quanto menos ácido for seu sangue, menos ele vai corroer as veias e manterá as células jovens?, indica Cynthia.

Fã de especiarias, Cynthia conta que usa gengibre em quase tudo. ?Além de ser termogênico, tem ação antibacteriana e dá sabor especial aos pratos?. Para quem planeja substituir o açúcar refinado, o maior vilão das dietas, ela dá outra dica: ?O açúcar de coco pode ser uma solução, assim como o mel que, apesar de ser rico em calorias, tem mais nutrientes do que o açúcar refinado".

A ingestão de fibras não pode ser deixada de lado. Por isso, grãos como linhaça, chia e aveia devem estar presentes no dia a dia. ?Entender a rotina do paciente, suas preferências e o funcionamento da casa dele é o primeiro passo para montar uma dieta? acredita ela, que não descarta no futuro montar um consultório. "Aqui em casa não tem como restringir muito. Cada um tem uma preferência. Não sou xiita, as pessoas precisam encontrar prazer nos alimentos", reforça Cynthia.


Recém-formada em Nutrição, Cynthia Howlett dá dicas de alimentação

Recém-formada em Nutrição, Cynthia Howlett dá dicas de alimentação

Recém-formada em Nutrição, Cynthia Howlett dá dicas de alimentação

Recém-formada em Nutrição, Cynthia Howlett dá dicas de alimentação

Recém-formada em Nutrição, Cynthia Howlett dá dicas de alimentação

Recém-formada em Nutrição, Cynthia Howlett dá dicas de alimentação

Fonte: EGO