Nutricosméticos: cosméticos em cápsulas

Os cosméticos em cápsulas agem em favor dos cabelos, da pele e da firmeza do corpo

Os cosméticos em cápsulas, também chamados de nutricosméticos, estão ganhando espaço no mercado da beleza. Com venda livre em farmácias, perfumarias e lojas especializadas, eles agem mais como um suplemento do que como medicamento, potencializando os efeitos positivos dos cremes hidratantes e de uma alimentação saudável.

É por esses e outros benefícios que o cosmetólogo Maurício Pupo diz que “os nutricosméticos são a grande inovação do mundo da beleza”. - Eles começam a proteger e tratar a pele de dentro para fora, fazendo com que todo o tratamento de beleza fique mais completo - o que não quer dizer que são mais poderosos que um creme normal, mas que devem ser usados em conjunto. Os nutricosméticos também agem de forma a equilibrar o déficit nutricional da pessoa, como falta de proteínas, vitaminas ou minerais, e combatem o excesso de radicais livres no corpo.

- O princípio básico do nutricosmético é que é baseado em uma substância normalmente já utilizada pelo nosso corpo para realizar a função de proteger e regenerar a pele e os cabelos. Sendo assim, qualquer pessoa que não possua problemas de saúde pode consumi-los, mas é sempre bom consultar um dermatologista antes de começar o tratamento. Amenizar a celulite, diminuir a queda capilar, melhorar o aspecto da pele, evitar a flacidez, fortalecer as unhas, proteger o corpo dos raios solares e prolongar o bronzeado são alguns dos benefícios mais comuns prometidos pelos cosméticos em cápsulas.

Mas será que, se apenas tomarmos esse suplementos, já perceberemos diferenças em nossa beleza? - Um estudo revelou que pessoas que ingeriram 18g de cacau em pó puro, que é diferente de chocolate, obtiveram melhora na aparência das rugas, na hidratação e até na vascularização da pele. Tudo isso sem usar creme algum. Porém, se essas pessoas tivessem associado o tratamento a um bom creme anti-idade, os resultados poderiam ter sido muito melhores.

Isso tudo é importante para perceber o quão melhor é trabalhar com tratamentos associados, mesmo que um deles isoladamente já traga benefícios ao corpo. Outra categoria de produtos embelezadores são os aliméticos, que não são cápsulas, mas alimentos – balas de colágeno e bebidas, que têm os mesmos objetivos dos nutricosméticos, mas, segundo Pupo, é interessante reconhecer as limitações desses produtos.

Além disso, eles não substituem os alimentos de uma dieta balanceada, servindo apenas como complemento. - Os aliméticos possuem concentrações muito mais altas de elementos vitais para nosso corpo e pele, mas é importante que eles sejam formulados com base científica e que tenham eficácia comprovada por testes sérios, que devem ser indicados na embalagem. Eventualmente, podem surgir no mercado produtos que estejam mal formulados e que não supram as necessidades do corpo e, consequentemente, da pele e dos cabelos.

Fonte: R7, www.r7.com