Saudade também gera crise de abstinência

Sensação é semelhante a falta de drogas para dependentes químicos

Ai que saudade, ai que dor. Lidar com a ausência de alguém não é fácil mesmo. Um novo estudo publicado na revista Scientific American, realizado na Universidade de Utah (EUA), sugere que ficar longe da pessoa amada é uma sensação semelhante a crises de abstinência pela falta de drogas.

A pesquisa aconteceu com casais apaixonados, pais, filhos e amigos com uma ligação muito próxima. Os pesquisadores analisaram os voluntários após um período de afastamento de até uma semana das pessoas queridas. O resultado comprovou que problemas como irritação constante e dificuldades para dormir eram os mais frequentes, graças ao aumento de cortisol, o hormônio do estresse, no organismo. Além disso, os participantes também relataram que a saudade provocou aumento da ansiedade, do mal-estar generalizado e de desconforto em diversas situações do cotidiano.

Os cientistas explicam que esses sintomas são bem parecidos com aqueles sofridos pelos pacientes dependentes químicos, que estão em processo de desintoxicação, porém em uma proporção menor. Os pesquisadores afirmam que a comparação acontece, já que o nível de cortisol também aumenta em pessoas que tentam largar o vício.

Fonte: minhavida