Tanquinho! Confira os dez mandamentos da dieta seca-barriga

Tanquinho! Confira os dez mandamentos da dieta seca-barriga

Confira algumas dicas para eliminar as gordurinhas indesejadas.

Não jantarás depois das 21 horas - À noite a atividade física é menor. Aquele lanchinho rápido ou jantar vai virar gordura porque o metabolismo e a queima de calorias desaceleram no repouso. Cuidado! É no abdômen que parte das células gordurosas se concentram.

Não beberás nada durante as refeições. Nem água - Os líquidos dificultam a ação do suco gástrico, responsável por degradar os alimentos no estômago, e ainda dilatam o órgão. O ideal é não beber nada uma hora antes e uma hora depois das refeições para prevenir gases e o "efeito estufa". Mas não deixe de beber água durante o dia: o recomendável são oito copos diários. O corpo desidratado corre mais risco de sofrer com a prisão de ventre.

Não abusarás do açúcar - O açúcar causa fermentação intestinal, serve de combustível para as bactérias que se agrupam no organismo. É aí que são formados os gases, que causam desconforto e fazem a barriga crescer. Comer de vez em quanto, e em pequenas quantidades, não vai te fazer mal.


Tanquinho! Dez mandamentos da dieta seca-barriga

Mastigarás bem os alimentos - Fica muito mais fácil para o organismo digerir os alimentos quando eles chegam bem fracionados ao estômago. Quando é preciso triturar e misturar toda a comida mal mastigada, o corpo aumento o fluxo de sangue, o que faz distender o abdômen. Conte até 20 entre uma garfada e outra.

Adotarás uma dieta rica em frutas e legumes e pobre em gorduras nocivas, evitando alimentos que retenham líquidos - Vegetais são ricos em fibras, e fibras ficam mais tempo no estômago, acalmando o apetite. Além disso, absorvem gorduras e açúcares como uma esponja, melhoram o funcionamento do intestino e ajudam a eliminar as toxinas. Resultado, leitoras: a barriga encolhe! Fique longe das gorduras saturadas, presentes nas carnes vermelhas gordas, manteiga, laticínios integrais e queijos amarelos. Troque-as pelas monoinsaturadas (presentes no azeite e abacate) e poli-insaturadas (abundantes nos peixes de águas frias e profundas, como salmão, sardinha, bacalhau e atum). Ah! Esqueça os embutidos (linguiça, salsicha, mortadela, presunto...), enlatados, salgadinhos, comidas congeladas e temperos prontos.


Tanquinho! Dez mandamentos da dieta seca-barriga

Evitarás alimentos preparados com leite, grão do feijão e lentilha - Muitas mulheres, mesmo que não sejam intolerantes à lactose (açúcar do leite), provavelmente desenvolveram algum tipo de sensibilidade a ela. Ela pode causa desconforto abdominal e aumento de gases. Feijão e lentilha também apresentam lactose, além de possuir carboidratos não absorvíveis.

Ficarás longe de bebidas gasosas e alcoólicas - Água gaseificada e refrigerantes light estão nessa lista, sim. O gás distende o estômago. A cerveja reúne dois inimigos da barriga sequinha: gás e álcool. O vinho é mais inofensivo e faz bem ao coração quando você toma uma taça. Lembre-se: cada grama de álcool fornece 7 calorias; a mesma quantidade de gordura soma 9. Fica a dica!

Evitarás café depois das refeições - O cafezinho nosso de cada dia possui cafeína, fitato e tanino. Essas duas últimas substâncias são chamadas de antinutricionais porque dificultam a absorção de alguns nutrientes essenciais ao organismo. É melhor diminuir a dose para conquistar a barriguinha dos sonhos.

Consumirás, de maneira moderada, alimentos como castanha-do-pará, amêndoa e semente de girassol - Esses petiscos, apesar de serem ricos em selênio (mineral antioxidante), são bastante calóricos. Se forem acompanhados de sal causam retenção de líquido, o que prejudica a barriga sarada.

Jamais tomarás antibiótico sem necessidade - O uso indiscriminado dessa medicação torna o remédio ineficaz e cria superbactérias, difícil de combatê-las. É um perigo para a saúde! Além de tudo isso, tomar antibiótico por conta própria pode contribuir para destruir a flora bacteriana e proliferar os microorganismos nocivos, formando gases e causando prisão de ventre. Não arrisque!

Fonte: Yahoo