Traficada de "Salve Jorge" posa de pin up sensual para celebrar os 30 anos

Atriz que acaba de completar 30 anos de idade revela detalhes da sua intimidade e confessa que transborda sensualidade naturalmente.

Laryssa Dias, a intérprete de Waleska em Salve Jorge, acaba de completar 30 anos e comemora a idade balzaquiana posando para um ensaio totalmente inspirado no estilo Pin Up. Em conversa, a gata revelou algumas de suas armas de sedução e como lida com a sensualidade à flor da pele.

Por que você escolheu o estilo Pin Up para o ensaio?

LD - Acho o estilo Pin Up sensual e tem muito a ver comigo. Eu sempre tive um jeito menina-mulher. Sei que tenho um lado mulherão e sex appeal natural, um lado menina, meiga. Eu acho bonito porque a Pin Up tem algo de ingênua, sutil e delicada. Sem contar os looks, que são lindos, bem marcados no corpo, com bastante cor e o cabelo bem arrumado. Tem tudo a ver comigo.

Você acaba de completar 30 anos de idade. Como você lida com a sensualidade nesta fase?

LD - Sou uma pessoa muito racional, disciplinada e focada. Tenho também um lado sério e mais mulher. A maturidade me ensinou a lidar melhor com a minha sensualidade. Hoje tenho mais consciência de quem eu sou e de como usar esse meu lado sensual de maneira natural.

Você namora há quase um ano um homem dez anos mais velho do que você. Você usa o seu sex appeal para seduzi-lo?

LD ? Em um primeiro momento isso atrai, encanta a outra pessoa. Mas não é fácil lidar comigo, porque eu, apesar do meu jeito menina-mulher, sou muito intensa. Na verdade, eu nunca fui o tipo de mulher que usa o sex appeal para conquistar. Nunca parei para pensar nisso. Por isso que funciona. Porque eu ajo naturalmente e passo a sensualidade. Mas nova eu não tinha essa consciência e seduzia mesmo sem querer.

Como você avalia o seu ensaio Pin Up?

LD - Eu amei fazer o trabalho. É bem diferente do que as pessoas estão acostumadas a ver em Salve Jorge. Foi a primeira vez que eu me vi naquele contexto Pin Up. Era uma vontade que eu tinha e consegui realizar. Voltei a um passado que eu não vivi, mas sempre gostei.


Traficada de

Traficada de

Traficada de

Traficada de

Fonte: Globo