Tratamentos e produtos para clarear axilas

Saiba se os desodorantes que previnem manchas e clareiam as axilas realmente funcionam

Um dos problemas que mais afligem as mulheres quando se trata das axilas são as manchas escuras na região. “O suor gerado nas axilas ajuda na perda de calor corpóreo. Este, por sua vez, é causado por estresse, calor, exercícios físicos. Frequentemente, o suor pode deixar a pele do local mais escurecida.

Ou seja, o suor frequente e a maceração de pele em contato com a vestimenta geram uma leve irritação da pele das axilas, que tendem a escurecer”, esclarece a dermatologia Dra. Ana Lúcia Récio. A boa notícia é que existem inúmeros tratamentos para clarear a área. Há desde as opções em consultório, como peelings e laser, até as receitas caseiras.

E de uns tempos para cá, os próprios desodorantes prometem ajudar a acabar com as manchas escuras embaixo dos braços. Um exemplo é o novo Dove Dermo Aclarant, que chega ao mercado com a promessa de acelerar a renovação da pele das axilas e, consequentemente, fazer com que elas fiquem sem manchas. Sua fórmula é composta por calêndula, extrato de semente de girassol (fonte natural de ácido linoléico), vitamina

E, além do um quarto de creme hidratante característico da marca. Outro desodorante disponível no mercado brasileiro com esta função de acabar com as manchas das axilas é o Nivea Aerosol Pearl & Beauty. Este efeito clareador, segundo a fabricante, é conseguido graças à formulação com extrato de pérolas.

Mas será que os especialistas têm a mesma opinião das marcas quando se trata da eficácia desses produtos? Segundo a farmacêutica bioquímica, a doutora Joyce Rodrigues, a propaganda não é enganosa. “Os desodorantes clareadores funcionam sim, e como todo tratamento clareador deve ter uso contínuo para melhores resultados, pois também agem na prevenção.

Durante o uso desse tipo de produto deve-se ter cuidados redobrados com depilação, pois qualquer lesão local pode agravar o caso”, diz. A eficácia deles, diz Joyce, é garantida pelas substâncias que agem na melanina. “Na composição de um desodorante clareador, encontra-se substâncias que irão agir na melanina (pigmento escuro) que esta depositada em excesso no local.

Os ingredientes são denominados ativos clareadores e agem especificamente no local, sendo capaz de reduzir as manchas e prevenir o surgimento de novas. Alguns exemplos de ativos são: extratos botânicos, óleo de girassol, ácido linoléico, com a finalidade de agir no clareamento, os ativos podem agir na melanogenese ou no pigmento já formado”, esclarece. Já para o dermatologista Alexandre Leon, a grande vantagem desses desodorantes está na prevenção.

“Eles têm em sua composição ativos hidratantes que deixam a pele mais resistente e ativos calmantes que diminuem a inflamação causada por agressões à pele, que neste local ocorre pela depilação”, comenta. Isso quer dizer, como eles diminuem a irritação, esses desodorantes evitam que a pele escureça quando machucada. Por outro lado, a dermatologista Carolina Ferolla, dona da clínica com mesmo nome em São Paulo, fala sobre a importância dos ingredientes na composição dos desodorantes. A médica lista os componentes que dão aos produtos essa ação clareadora.

“O óleo de girassol cria uma barreira impedindo o atrito, enquanto o extrato natural de pérolas faz uma microesfoliação, clareando a pele. Temos também o extrato Vitis vinifera, que tem ação clareadora, e o extrato de raiz de nigra morus, que tem ação clareadora e hidratante”, enumera.

Fonte: Terra