Uma em cada 5 mulheres não tem orgasmo

EStudo feito com pacientes mostram também que 48,5% das mulhsres não sente vontade de ter relação sexual

Dor na relação sexual, dificuldade de penetração, insatisfação com o comportamento do parceiro e falta de excitação são os principais motivos que levam as mulheres a não atingir o clímax na cama.

Segundo levantamento feito pela Secretaria de Estado da Saúde no Hospital Pérola Byington, uma em cada cinco mulheres que procuram o serviço não chega ao orgasmo nas relações sexuais. Foram analisados 455 atendimentos entre 2007 e 2008 e o que se percebeu foi que 18,2% das pacientes receberam diagnóstico de anorgasmia (quando há falta de orgasmo) e outras 5,2%, de inibição sexual generalizada, ou seja, não sentem desejo sexual, não se excitam durante as relações e não chegam ao orgasmo.

O principal problema das pacientes foi simplesmente não ter desejo de transar, um distúrbio chamado de desejo sexual hipoativo, que acomete 48,5% das mulheres. Entre as mulheres atendidas pelo Centro de Referência e Especialização em Sexologia (CRESEX), que fica dentro do Hospital Pérola Byington, a maior parte delas (60%) era casada e 30% eram solteiras.

“A grande maioria dos diagnósticos de distúrbios sexuais é de natureza psicológica, social ou cultural. Somente 13% das pacientes têm problema de natureza orgânica, como alterações hormonais ou distúrbios originados por alguma doença”, explica a médica e terapeuta sexual Tânia das Graças Mauadie Santana, coordenadora do CRESEX.

Fonte: Terra, www.terra.com.br