Valesca abre guarda-roupa avaliado em R$ 300 mil: "Sou popozuda chique"

Funkeira chegou a pagar R$ 40 mil em uma bolsa e diz que compra parcelado em sites. "Beijinho no ombro para quem me acha cafona", alfineta.

A primeira aquisição de luxo feita por Valesca Popozuda foi uma bolsa Balenciaga Classic. Antes de efetivar a compra, no entanto, a funkeira protagonizou cenas dignas de um drama mexicano.

Em Miami, já ciente de que deveria comprar um produto de grife, ideia da stylist Marcella Vinhaes, Valesca entrou e saiu da loja pelo menos três vezes. "Primeiro, perguntei quanto custava. Fiz uma foto e saí. Pensei: "Não preciso disso". Fiquei com aquilo na cabeça e voltei no dia seguinte. Peguei a bolsa, olhei, vi outros modelos e liguei para a Marcella. Ela disse que eu tinha que ter aquele modelo. Ao voltar, a loja já estava fechada e encarei como um sinal para não comprar. Mas, na manhã seguinte, não teve jeito. Paguei cerca de R$ 7 mil no modelo. E lá fora não tem essa de parcelar em 12 vezes, né? É tudo de uma vez só", relembra a cantora.

De lá pra cá, o armário popozudo de Valesca ganhou status e cifras além do que supunham seus mais grandiosos sonhos. "Gente, fui frentista, trabalhei em borracharia. Jamais teria salário para comprar essas coisas", diz.

Mas hoje Valesca tem. A transformação no visual teve seu ponto alto no início deste ano, durante o Fashion Rio. Convidada para a primeira fila do desfile da Iódice, a funkeira apareceu com os cabelos presos em um coque, maquiagem leve, um vestido superlegante da grife que a convidou, sapatos Bo.Bô e uma bolsa Chanel clássica pela qual pagou R$ 12 mil. O look inteiro custou R$ 40 mil. "Quando ainda estava em casa, eu disse: "Vão rir da minha cara". Cheguei ao evento e iria fazer aquela pose para as fotos ali rapidinho. Quando vi, todo mundo estava em volta de mim, me elogiando, perguntando sobre o meu look. Me senti poderosa", conta.

Fazem companhia à Balenciaga e à Chanel, uma Hermés de cerca de R$ 40 mil (que anda abarrotada com três óculos escuros, celulares, agenda e tudo o que Valesca quer carregar), uma outra Chanel clássica amarela, uma Valentino Trapeze Azul Bic e uma rosa Balenciaga.

Isso porque as bolsas não são a paixão de Valesca. O que ela gosta mesmo é de sapato. São mais de 200 pares no closet. Só de Louboutin são três. Existem ainda alguns pares de Valentino entre R$ 3,5 mil e R$ 5 mil, algumas botas Versace que custam em média R$ 7 mil, e várias sandálias Giuseppe Zanotti na base de R$ 5 mil. "Sou louca por sapato, não posso ver. Passo madrugadas pesquisando os sites internacionais. Meu filho me vê de madrugada no computador e já diz: "Ih, mãe já tá no sapato?". Parcelo tudo e entregam grátis no Brasil", comenta. "Outro dia não resisti a dois sneakers Givenchy. Comprei um prata e um dourado para os shows".

Perto das outras peças, os tênis de salto custaram "modestos" R$ 2 mil. Quem ouve Valesca falar de suas compras pode achá-la uma fútil sem o menor limite. Mas ela nega. Seus devaneios, como a própria diz, são pagos em dia. "Se tenho para comprar, compro. Se não, espero mais um pouco. Mas não devo ninguém. Também não adiantaria ter tudo isso sem uma casa para morar, carro, escola para os filhos. Ajudo minha família, sustento minha mãe. Sei até onde posso ir. Sou uma popozuda chique".

Agora, aos poucos, as grifes começam a chegar também às roupas. O que Valesca curte são camisetas Givenchy e Valentino (cerca de R$ 2 mil cada). "Tenho aquela do rottweiller sabe? Mas quero muito a do Bambi", conta ela, referindo-se à camiseta que virou hit entre as famosas mais antenadas do mundo.

Apesar de um guarda-roupa com peças avaliadas em bem mais de R$ 300 mil, o desprendimento da moça é grande. No casamento de Naldo, por exemplo, Valesca usava cerca de R$ 50 mil em joias emprestadas. Ao ver seus fãs na porta da festa, não resistiu: abriu os vidros do carro e colocou os braços para fora.

"Nem me toquei que tinha aqueles anéis de diamantes no dedo, pulseiras. Minha estilista quase desmaiou! Posso ter mudado no estilo, mas uma coisa eu digo: jamais deixarei de ser a Valesca Popozuda. Beijinho no ombro para quem me acha cafona ou que gasto demais. Trabalho duro para isso".


Valesca abre guarda-roupa avaliado em R$ 300 mil:

Valesca abre guarda-roupa avaliado em R$ 300 mil:

Valesca abre guarda-roupa avaliado em R$ 300 mil:

Valesca abre guarda-roupa avaliado em R$ 300 mil:

Fonte: EGO