Veja a cirurgia plástica para região publiana

Saiba quando a cirurgia plástica é recomendada para a região

Gordura localizada e flacidez após grandes perdas de peso não são exclusividades de barriga, braços e pernas. Podem aparecer até mesmo na região pubiana, causando constrangimento. É que o volume que conferem fica marcado nas calças, saias, biquínis e roupas íntimas.

O incomodo não é relacionado apenas a quem está acima do peso ou acabou de fazer as pazes com a balança. "Uma mulher magra também pode ter gordura localizada no púbis", disse o cirurgião plástico Marcelo Assis.

"No homem, está mais ligado à gordura abdominal, quando a barriga pressiona o púbis, dando mais volume à região e a impressão de que o pênis é menor; e a grandes emagrecimentos, levando à flacidez na barriga e no púbis."

Alternativa

Entre as alternativas está a minilipo, indicada para casos de gordura localizada na área. É feita no consultório com anestesia local e necessita de um a dois furinhos. O paciente pode trabalhar no dia seguinte.

O roxo permanece por sete a dez dias e o inchaço some em 20 dias. A segunda possibilidade é, se a pessoa apostar em uma lipoaspiração no corpo, aproveitá-la com o intuito de eliminar a gordura do púbis.

O inchaço demora três meses para sair por completo e, o roxo, 15 dias. A pele em excesso pode ser retirada com um lifting de púbis. O corte é parecido com o de uma cesariana. Após o procedimento, é importante ficar 20 dias sem carregar peso e evitar sol por um mês.

Fonte: Terra, www.terra.com.br