Veja a indicação e como funciona uma lipo

Veja a indicação e como funciona uma lipo

Saiba para quem é indicada e como funciona a lipoaspiração

Inúmeras pessoas, principalmente mulheres, já foram submetidas ao procedimento de lipoaspiração. A maioria busca curvas perfeitas, silhueta invejável e resultados que dão fim às indesejáveis gordurinhas localizadas. Ao contrário do que muitos podem imaginar, a lipoaspiração não é realizada com a finalidade de emagrecer, mas de promover a remoção das gorduras que não respondem aos tratamentos de emagrecimento ou aos exercícios físicos. Além disso, não substitui os bons hábitos de uma dieta equilibrada e a prática de atividade física. Ocupando o segundo lugar no ranking das cirurgias plásticas, segundo pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a lipoaspiração requer cuidados como qualquer outra cirurgia não eletiva. “É importante lembrar que nem todo mundo é um bom candidato para o procedimento. Os pacientes devem ser saudáveis e considerados de baixo risco para passarem por anestesia e cirurgia”, ressalta o cirurgião plástico dr. Vitório Maddarena Jr., membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e integrante do corpo clínico do Hospital São Luiz, de São Paulo. Apesar de ser popular entre os tipos de cirurgias plásticas, a lipoaspiração ainda gera dúvidas. Para esclarecê-las, confira, a seguir, uma entrevista com o dr. Maddarena. Uma pessoa acima do peso pode fazer lipoaspiração? Este não é um tratamento para o sobrepeso, mas, sim, para a lipodistrofia (gordura localizada), de tal forma que, quanto mais próximo do peso ideal, melhor será o resultado. No entanto, há casos em que, além do sobrepeso, há lipodistrofia e seu tratamento poderá auxiliar no tratamento de perda de peso, agindo como um estímulo para o paciente. Como é feita a cirurgia? A lipoaspiração é feita através de cânulas que sugam a gordura localizada no tecido subcutâneo (logo abaixo da pele e acima dos músculos). São utilizadas cânulas com desenho específico para cada finalidade. Quais as técnicas mais modernas para a realização da lipoaspiração? Entre as técnicas mais modernas está a vibrolipoaspiração tumescente, em que uma solução especial é injetada na região a ser tratada com o intuito de diminuir a perda sanguínea e facilitar a saída de gordura. As cânulas têm movimentos vibratórios, garantindo melhor desempenho. Quais são os exames obrigatórios antes de se submeter a essa cirurgia? O paciente deve ser submetido a todos os exames que são obrigatórios antes de qualquer outro tipo de cirurgia, além de uma boa avaliação clínica. É com ela que o médico diagnosticará quais as necessidades específicas de cada pessoa. Os exames são pedidos caso a caso. O médico, durante a consulta, avaliará quais são os exames necessários. Qual o período de recuperação? A lipo requer cuidados mais intensos nas primeiras três a seis semanas, dependendo da área tratada. É necessário ficar de repouso após a operação? O repouso no pós-operatório é relativo, ou seja, não se devem cometer excessos, mas não é necessário (nem recomendado) ficar acamado. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados: por exemplo, evitar praticar exercícios físicos pesados, como levantar peso ou fazer longas caminhadas. É importante ainda observar que surgirão manchas roxas, e o paciente deve evitar tomar sol até que elas desapareçam. Além disso, é indicado o uso de malhas de compressão e sessões de drenagem linfática para amenizar o inchaço e garantir a acomodação dos tecidos.

Fonte: Terra