Veja os métodos depilatórios para garotos

Veja os métodos depilatórios para garotos

Cera deve ser evitada em homens que tenham problemas circulatórios

A moda de ter a pele lisinha e sem pelos já atingiu os homens e agora chegou até os mais jovens. O R7 conversou com especialistas no assunto para descobrir qual o melhor método depilatório para eles. Cera quente ou fria Provavelmente a depilação mais dolorosa de todas também é uma das que mais garante a durabilidade do resultado, deixando a pele com um aspecto lisinho. Mas atenção, segundo Solange Pistori Teixeira, dermatologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), em caso de problema circulatório, deve-se evitar o uso de cera. Procure saber também sobre a higiene do estabelecimento onde fará a depilação. A cera não deve ser reciclada para não haver problemas de contaminação e infecção. Solange também faz um alerta sobre a temperatura da cera. - Se for muito quente, pode causar queimaduras. De acordo com a dermatologista Carla Bortoloto, deve-se evitar depilar o rosto com cera porque é uma área que tem a pele muito sensível e exposta à radiação ultravioleta, propícia a desenvolver manchas. - Mas se esse a pessoa achar esse o melhor método, aconselho que ela faça uso regular de protetor solar. Lâmina de barbear É o método mais fácil, rápido e econômico, mas os pelos crescem rapidamente e dá a impressão de que os pelos ficam mais grossos. - Isso ocorre porque a lâmina corta o pelo no seu maior diâmetro, diferente de quando se arranca e ele cresce desde o começo, ou seja, com a ponta mais fina. Aqui, Solange faz outra ressalva. - Se a lâmina for muito velha ou estiver suja e se a pele estiver seca ou desidratada, pode haver inflamação e irritação. Por isso, é preciso lavar a área com água morna e sabonete bem suave para a retirada dos resíduos da transpiração, da oleosidade, da sujeira e das células mortas, antes de iniciar a depilação. A dermatologista Carla também tem dicas importantes. - O ideal é optar por um aparelho de barbear de apenas uma lâmina, não usar o aparelho de barbear contra o pelo, mas sempre a favor do pelo, e aplicar antes da depilação um creme condicionador de cabelo no local da depilação e evitar o uso de sabonete ou espuma de barbear, pois isso ajuda a diminuir o ressecamento da pele causado pela lâmina. Creme depilatório Este método químico atua sobre a parte do pelo que está para fora da pele. É recomendado para quem sofre de varizes, tem a pele sensível ou propensa à irritação. Porém, é muito importante fazer um teste de alergia em uma pequena área do corpo antes da depilação, para ver a reação da pele com o creme. - Além disso, o uso do creme não é indicado para áreas que apresentem algum ferimento. Depilador elétrico Como arranca o pelo desde a raiz, o resultado também é duradouro, mas a depilação é muito dolorosa e não tão rápida quanto a cera, por isso não é indicado para áreas muito grandes, como peito, pernas e costas. Apesar disso, não há risco de deixar queimaduras na pele.

Fonte: r7