Vivi Araújo diz detestar malhar e garante não sofrer por "dobrinhas"

Vivi Araújo diz detestar malhar e garante não sofrer por "dobrinhas"

Apesar da modéstia, ela exibe cinturinha de 68 centímetros, barriga chapada e um bumbum de dar inveja a muita garotinha

Dos 38 anos vividos de Viviane Araújo, metade foi dedicada ao carnaval. Em 19 anos de Avenida, ela foi composição de carro, destaque, musa... Só muito tempo depois, ela virou rainha de bateria. Mas agora é considerada ?a? rainha. Aquela que todas querem ser, que todos querem ver na Sapucaí e elogiam seu carisma. Apesar de estar com a bola cheia, Viviane faz um discurso modesto durante entrevista para o especial de carnaval que homenageia os 30 anos do Sambódromo do Rio.

?Eu não me acho tudo isso. Com toda sinceridade. Fico feliz por ter esse reconhecimento. Estou há muito tempo no carnaval e, dentro dessa trajetória toda, é uma honra ser exemplo?, diz a beldade, criticando ainda a expectativa das pessoas em torno do corpo das rainhas.

?Existe uma cobrança muito grande nesse posto. Se faz uma dobra na cintura ao sambar, as pessoas já falam que você está gorda. Como se isso não fosse a coisa mais normal do mundo. Sou normal e tenho dobra, tenho celulite?, diz, completamente desencanada e exibindo, sim, um corpo perfeito - com direito a uma barriga chapada de fazer inveja a muita gente.

Orgulho mesmo, daqueles de boca cheia, Viviane usa para falar do Salgueiro, sua escola, e também da conquista de um papel na próxima novela de Aguinaldo Silva.

?É um sonho que vou realizar. Estou muito ansiosa, estou estudando. Não vejo a hora?, conta ela, que no especial do EGO relembra um enredo marcante da agremiação, ?Peguei um Ita no Norte?. Não reconhece assim? Então experimente cantar: ?Explode coração, na maior felicidade...?. Ouça aqui o samba que inspirou o ensaio de Viviane Araújo.

A grande rainha do carnaval

?Que responsabilidade (risos)! Eu não me acho tudo isso. Com toda sinceridade. Fico feliz por ter esse reconhecimento das meninas novas que estão começando, do mundo do samba. Eu comecei muito cedo e não foi como rainha de bateria. Comecei desfilando como composição de carro, depois como destaque. Só depois de dez anos é que virei rainha. E, dentro dessa trajetória toda, é uma honra ser exemplo.?

Luma de Oliveira foi a inspiração

?Pensei em ser rainha em 2001, no ano em que a Luma de Oliveira veio como rainha e se ajoelhou na frente da bateria. Olhei para um amigo e falei: ?Ano que vem, vou estar ali?. Consegui!?.

O lado bom de ser rainha

?O cargo não tem nada ruim, fora ter esse monte de compromisso, que é muito corrido. O resto é só orgulho e prazer.?

Pagando para reinar na bateria

?Não entendo gente que paga para ser rainha. Você pode até pagar para sair assim em um ano, mas no ano que vem não vai ser mais. Acho besteira. Se é uma coisa que você quer muito fazer para realizar um sonho, para aparecer, tudo bem. Mas acho mais bacana conquistar, ter seu mérito de estar naquele posto.?

Rainha normal

?Existe uma cobrança muito grande nesse posto. Se faz uma dobra na cintura ao sambar, as pessoas já falam que você está gorda. Como se isso não fosse a coisa mais normal do mundo. Sou normal e tenho dobra, tenho celulite (risos). Não tem como, gente. Você está sambando, balança tudo, daí vem uma foto e parece que você está horrível. Botam uma foto desse jeito, as pessoas já te chocham. Esse é o lado de ser rainha que não é legal. Até acho que a minha bunda é das que balança menos (risos).?

Malhar? Eu?

?Nunca acordei saltitante dizendo: ?Vou para academia malhar? (risos). Nessa época, vou mais disposta, mais focada, empenhada. Agora dizer que vou feliz da vida? Não!?.

Não faço mais

?Hoje em dia, não malho mais como antes. Já tive uma época em que fui mais forte. Agora não preciso mais disso. Até porque televisão engorda.?

Rainha na novela

?Estou confirmada na próxima trama do Aguinaldo Silva, sim. É um sonho que vou realizar. Estou muito ansiosa, estou estudando. Não vejo a hora. E pensar que recebi esse convite há dois anos e agora está chegando a hora.?

Aposentar?

?Sei que já tenho uma estrada. Sei que as pessoas têm respeito por mim por causa dessa carreira no carnaval. Mas vou saber a hora de parar. Acho que o tempo mesmo vai me dizer. Mas tenho muita lenha para queimar ainda (risos).?

Fonte: EGO