Modelo responderá por morte de dois em acidente em liberdade

No entanto, Tatieli da Silva Costa está proibida de deixar o País.

O juiz Ademar Nozari, da comarca de Capão da Canoa (RS), concedeu, no início da noite desta segunda-feira, liberdade provisória aos dois envolvidos em um acidente que causou a morte de duas pessoas ontem na estrada do Mar, na praia de Xangri-Lá.

No entanto, Tatieli da Silva Costa e Paulo Afonso da Rosa Correa Junior estão proibidos de deixar o País. De acordo com o Jornal Nacional, a modelo Tatieli conduzia o veículo embriagada quando bateu em outros dois carros.

Ela e o empresário estão internados. Ambos tiveram seus passaportes recolhidos pela Justiça, que notificou a Polícia Federal sobre suas restrições de viagem. O juiz considerou que os requisitos estabelecidos pelo artigo 312 do Código de Processo Penal para decretos de prisão não estavam presentes.

O artigo em questão sugere que a prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria.

Fonte: Terra