Morre 2º operário ferido em explosão em metrô na BA

A explosão ocorreu quando os operários tentavam abrir a parte superior de um tonel

O soldador Antônio Francisco de Jesus Cruz, 30 anos, que havia sido atingido por uma explosão nas obras do Metrô de Salvador, morreu na manhã desta terça-feira no Hospital geral do Estado. Em 25 de fevereiro, Antonio Barbosa Cerqueira, que também trabalhava nas obras e teve 95% do corpo queimado, morreu enquanto aguardava vaga na UTI.

O acidente aconteceu quando os dois colegas e Givaldo Pereira Lima, que sofreu apenas ferimentos leves, tentavam abrir a parte superior de um tonel, usando um maçarico. O recipiente ainda tinha resíduos de produtos químicos e explodiu. O acidente aconteceu na manhã do dia 24 de fevereiro, no pátio auxiliar de manutenção das obras do Metrô de Salvador.

Givaldo Pereira Lima, 44 anos, afirmou, logo após o acidente, que a explosão foi grande. "Eu estava de costas e senti o fogo queimando meu corpo. Saí correndo do local e arranquei a camisa. Quando olhei para o lado, meu colega passou com o corpo em chamas. Foi uma cena horrível". O consórcio Metrosal, responsável pelas obras do metrô, lamentou o ocorrido e anunciou a abertura de uma investigação para apurar as causas do acidente.

Fonte: Terra, www.terra.com.br