Morre boxeador que lutou no Pan do Rio

Três vezes campeão chileno, Cristián Moreno competiu no Rio 2007 na categoria peso pena

O boxeador Cristián Moreno Alonso, o único representante do Chile nesse esporte nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro de 2007, se suicidou nesta quinta-feira, abalado por uma profunda depressão, informou nesta sexta-feira a família do atleta.

Segundo a Polícia, Moreno, de 22 anos, se enforcou em casa na cidade de Alto Hospicio, a cerca de 1.900 quilômetros de Santiago, usando o próprio cinto.

Três vezes campeão chileno, Cristián Moreno competiu no Rio 2007 na categoria peso pena. O boxeador perdeu na estreia para o mexicano Francisco Vargas.

"Lamento não poder dar alegria para a minha cidade e meu país", disse após a derrota. "Eu queria ganhar para corresponder ao apoio que me permitiu chegar até aqui", acrescentou o jovem boxeador, que considerou, no entanto, que a experiência poderia servir "para aprender e amadurecer" e assim poderia aproveitar as oportunidades futuras.

Juan Devia, treinador que formou Moreno como pugilista e o dirigiu por toda a sua carreira, disse que o jovem não recebeu a ajuda que precisava e que o problema se manisfestava há algum tempo.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br