Mulher com raro distúrbio supera preconceito e se torna modelo famosa; fotos

Atualmente, ela atravessa o mundo para conseguir cumprir a agenda de trabalhos.


Superação é a palavra que define a americana Melanie Gaydos que nasceu com displasia ectodérmica, um raro distúrbio genético que causa anormalidades nos cabelos, dentes e unhas. Durante toda a infância e adolescência, a jovem de 26 anos enfrentou muito preconceito e bullying, chegou a pensar em se suicidar, mas atualmente é uma modelo de sucesso.

"Agora eu tenho apenas três dentes de leite. Meus dentes de leite cresceram e depois começaram a cair", contou a jovem em entrevista ao jornal britânico Metro. A carreira como modelo começou quando ela se mudou para Nova York e, através do site Craiglist, passou a ter contato com diversos profissionais e fotógrafos de moda que procuravam modelos diferentes.

'Eu acabei conhecendo e começando muitos trabalhos de moda por causa do Craiglist, porque tem muitos fotógrafos de moda lá à procura de modelos que tenham uma aparência fora do padrão. Eu comecei a trabalhar como modelo para aprender mais sobre mim mesma, nunca pensei que chegaria onde estou agora", disse Melanie, que atualmente trabalha como modelo e atriz. Entre diversos trabalhos impressionantes, ela estampou a capa da Kaltblut Magazine em março de 2014.

E pensar que aos 16 anos, Melanie enfrentava uma forte depressão e pensava em se matar. "Quando tinha uns 16 anos eu estava muito deprimida e com pensamentos suicidas, realmente não queria viver. E eu não imaginava que estaria viva depois dos 18 anos", comentou.

Atualmente, ela atravessa o mundo para conseguir cumprir a agenda de trabalhos. "Agora eu sou modelo e atriz e posso viajar o mundo. Viajo para diversos países para fazer projetos diferentes, é realmente incrível", finalizou.








 

Fonte: Extra