Mulher de 31 anos morre após pular de ambulância

A paciente se exaltou e começou a gritar.

Uma mulher morreu, na tarde desta segunda-feira, após se jogar de uma ambulância na Avenida Brasil, na altura de Realengo, na Zona Oeste. Vanuza Maria Costa do Amaral, de 31 anos, era paciente psiquiátrica e estava sendo transferida do Hospital Municipal Jurandyr Manfredini, na Taquara, para uma clínica de repouso particular em Sepetiba, em uma ambulância da empresa Toesa. A Polícia Militar informou que Vanuza dividia o veículo com outra paciente e estavam sob a responsabilidade de uma técnica de enfermagem.

Por volta das 15h, quando a ambulância passava por Realengo, na pista sentido Zona Oeste, a paciente se exaltou e começou a gritar dizendo que morava no bairro. Em depoimento na 34ª DP (Bangu), onde o caso foi registrado, a funcionária da Toesa contou que tentou acalmar Vanuza, mas não conseguiu. Ela contou ainda que Vanuza estava de cinto de segurança. Segundo a técnica de enfermagem, a paciente abriu a porta e se jogou. Vanuza morreu no local. A Toesa foi procurada para falar sobre o caso, mas ninguém foi encontrado.

Fonte: O Globo, www.oglobo.com.br