Mulher é atacada e morta pelo próprio pit bull em Minas

Mulher é atacada e morta pelo próprio pit bull em Minas

A mulher levou mordidas no pescoço e na cabeça

Uma mulher foi atacada e morta pelo próprio cachorro quando entrava em casa por volta das 20h30 de domingo no bairro de Todos os Santos, em Coronel Fabriciano (MG). Segundo testemunhas, Zenira Lourenço de Souza, 39 anos, chegava do supermercado quando o animal, da raça pit bull, começou a atacá-la.

A mulher levou mordidas no pescoço e na cabeça. Os vizinhos ouviram latidos e gritos e chamaram os bombeiros, que chegaram ao local em cerca de 5 minutos. O cachorro tentou atacar os bombeiros, que tiveram de sacrificá-lo a machadadas. De acordo com a corporação, os filhos da mulher estavam em casa, mas não puderam ajudá-la.

A vítima foi levada ao hospital com o rosto desfigurado e com hemorragia intensa, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br