Mulher é condenada por matar por causa de sexo

Mulher é condenada por matar por causa de sexo

Knox compareceu à corte porque ela acusou a polícia italiana de tortura durante interrogatório

A estudante americana Amanda Knox é escoltada por políciais em tribunal na cidade italiana de Perugia nesta terça-feira (1º). Knox cumpre pena de 26 anos pela morte da britânica Meredith Kercher, ocorrida em 2007. Ela e o ex-namorado italiano foram condenados por terem matado a britânica porque ela se recusou a participar de jogos sexuais com o casal.



Knox compareceu à corte porque ela acusou a polícia italiana de tortura durante interrogatório. Ela depôs em audiência relacionada ao caso e apareceu de cabelos cortados



Fonte: g1, www.g1.com.br