Aeromoça e piloto são afastados após sexo oral durante um voo

Aeromoça e piloto são afastados após sexo oral durante um voo

A Cathay Pacific não revelou se o casal envolvido no ato sexual pediu demissão ou foi demitido.

A companhia aérea Cathay Pacific informou que os dois funcionários que aparecem em fotos publicadas na internet realizando um ato sexual a bordo de uma aeronave deixaram a empresa, segundo a agência "France Presse".

A Cathay Pacific Airways tinha aberto uma investigação na semana passada depois que circularam fotos que mostrariam uma comissária de bordo fazendo sexo oral em um homem, que seria piloto da empresa.

"Eu posso confirmar que os dois membros de nossa equipe que aparecem em situações comprometedoras em fotografias publicadas recentemente em jornais chineses não são mais funcionários da empresa", disse o presidente-executivo John Slosar, em um comunicado na sexta-feira.

A Cathay Pacific não revelou se o casal envolvido no ato sexual pediu demissão ou foi demitido.

Fonte: g1, www.g1.com.br