Americana ganha a vida fazendo massagem com os seios GGG

Americana ganha a vida fazendo massagem com os seios GGG

A americana se especializou em massagem com o seios, e a clientela não para de crescer.

Kristy Love, moradora de Atlanta (Geórgia, EUA), tem seios GGG. E por causa deles está experimentando o sucesso profissional. A americana se especializou em massagem com o seios, e a clientela não para de crescer. Por dia, Kristy fatura mais de US$ 1.300 (cerca de R$ 2.900) com a prática inusitada.

"Quando eu terminei a escola de massagem, ninguém queria me contratar", disse a americana, de 146 quilos.

Mas tudo mudou quando um cliente pediu para Kristy tirar a camisa e massageá-lo com os seios fartíssimos. O trabalho não envolve sexo.

"Na hora fiquei indignada e disse que não fazia esse tipo de massagem. Fiquei com vergonha do meu corpo", comentou a divorciada.

"Mas aí percebi que essa história de massagem com os seios poderia ser um bom negócio e publiquei um anúncio em jornal local", continuou.

Deu muito certo.

Só que, apesar do sucesso da empreitada insólita, Kristy enfrenta alguns problemas:

- O trabalho como massagista com os seios tem a forte oposição da família, pois a atividade fere o código moral do lar, cujos membros são frequentadores de um templo da seita Testemunhas de Jeová.

- O médico disse que ela precisa emagrecer o quanto antes. Ele receitou remédios, mas Kristy teme que a ingestão deles possa fazer os seios murcharem - tirando o seu ganha-pão.


Americana ganha a vida fazendo massagem com os seios GGG

Americana ganha a vida fazendo massagem com os seios GGG

Americana ganha a vida fazendo massagem com os seios GGG

Americana ganha a vida fazendo massagem com os seios GGG

Fonte: Page Not Fond