Americana processa empresa por ser demitida por posar na Playboy

Americana processa empresa por ser demitida por posar na Playboy

Jessica Zelinske posou para edição que trazia "donas de casa sensuais".

Uma americana de 33 anos entrou com um processo contra a empresa em que trabalhava em Rochester, no estado de Minnesota, alegando que foi demitida porque havia posado nua para a revista Playboy.

A ação foi movida por Jessica Zelinske, que mora em Kasson, contra a empresa "Charter Communications", de Rochester.

Jessica apareceu nua em uma edição da revista de 2011 que trazia "donas de casa sensuais".

Ela apareceu na capa da Playboy após superar mais de 400 mulheres.

No processo, a mulher alega que a empresa sabia de antemão que ela estava participando de uma seleção da Playboy. Segundo Jessica, seu chefe tinha garantido que ela não seria demitida por aparecer nua na revista.

Na ação, ela pede US$ 150 mil (R$ 330 mil) de indenização.

Fonte: G1