Americano vira "homem leopardo" ao tatuar pequenas manchas pelo corpo

"As tatuagens me deram as habilidades dos leopardos", afirmou ele.

Após tatuar mais de 1 mil pequenas manchas pelo corpo, o americano Lance Brieschke, de 40 anos, ganhou o apelido de "homem leopardo".


Americano vira

Lance, que é conhecido pelo nome artístico "Larry Leopard", começou a tatuar seu corpo quando tinha 20 anos.

Natural do estado do Texas, ele entrou em atrito com a família e não mantém mais contato com os pais. "Eles vêm de uma educação militar e cristã", disse.

"As tatuagens me deram as habilidades dos leopardos, como a capacidade de ver no escuro e correr mais rápido", afirmou.

Ele conta com um estúdio de tatuagem em Austin, no Texas.

Fonte: G1