Após 14 anos, mulher recupera anel perdido que vale US$ 30 mil

Polícia apreendeu joia há 2 anos e anunciou leilão caso não achasse dono

Uma americana de 45 anos, moradora da cidade de Albuquerque, no Novo México, conseguiu recuperar nesta semana o seu anel de noivado, avaliado em US$ 30 mil, que ela havia perdido 14 anos atrás. O caso foi mostrado pelo site de notícias "Santa Fe New Mexican".

"Ela disse que era como reencontrar um amor perdido há muito tempo", afirmou o tenente Louis Carlos, que na quarta-feira (8) retornou a joia à mulher no Departamento de Polícia de Santa Fe, cidade que fica a cem quilômetros de distância de Albuquerque.

O anel estava retido na sala de provas da delegacia havia mais de dois anos. Duas semanas atrás, a polícia anunciou que a joia, com um diamante de 3 quilates, seria leiloada caso o verdadeiro dono não se pronunciasse.

Cerca de 25 pessoas foram à delegacia para alegar que eram os donos de fato, mas não convenceram os policiais.

Apenas uma mulher, que pediu que seu nome não fosse divulgado, levou documentos que incluíam um recibo da compra, em 1997, além de fotos dela usando o anel.

Segundo o relato ouvido pela polícia, a mulher teria comprado o anel com seu próprio cartão de crédito, e seu então noivo iria pagando o valor a ela aos poucos. No entanto, o relacionamento terminou pouco tempo depois, e a mulher ficou com a conta para pagar.

Sem ter certeza de como perdeu o anel, a mulher nunca prestou queixa. Ela disse à polícia que acredita tê-lo perdido após tirar a joia enquanto preparava um prato, mas não sabia ao certo se havia, sem perceber, jogado fora o anel.

A polícia apreendeu a peça dois anos atrás, ao receber a queixa de uma galeria de pedras preciosas, quando um casal suspeito tentou vender o anel por apenas US$ 200.



Fonte: G1