Após picada, italiana de 87 anos mata cobra com as próprias mãos

A filha contou que sua mãe tinha vista ao algo escuro sobre o tapete do lado de fora da casa

Após ser picada por uma cobra venenosa em Tampa, no estado da Flórida (EUA), a italiana Ester Orrino, de 87 anos, matou o réptil com as próprias mãos, segundo reportagem do jornal norte-americano "St. Petersburg Times".

"Ela é uma pessoa muito forte", disse sua filha Maria Pellicone. Por causa do veneno --ela levou uma picada no dedo da mão direita--, Ester precisou ser internada para tomar soro antiofídico, mas já está praticamente recuperada.

A filha contou que sua mãe tinha vista ao algo escuro sobre o tapete do lado de fora da casa. Ela chegou a tocar com a bengala, mas o réptil não seu moveu. Pensando que era um pau, a idosa tentou pegá-lo e levou uma mordida no dedo.

Fonte: g1, www.g1.com.br