Artista cria imagem de Virgem Maria com água benta e suor de vagina

Artista cria imagem de Virgem Maria com água benta e suor de vagina

Artista belga Peter de Cupere cria Virgem Maria com água benta e suor de vagina

Não há forma melhor de apresentar o belga Peter de Cupere a não ser assim: ele é o artista que criou uma estátua da Virgem Maria que exala cheiro de vagina.

Chamada The Deflowering ("A defloração", em português livre), a estátua de De Cupere é feita de água benta congelada. Dentro dela, há "essência vaginal" (suores do sexo feminino colhidos em laboratório). Na performance olfativa, conforme a estátua derrete, os apreciadores imediatamente sentem o cheiro em questão. A apresentação dura apenas duas horas, até que a Virgem Maria derreta completamente.

A obra busca explorar a lacuna entre o divido e a representação física da mulher. "A religião sempre foi uma boa questão para a arte", disse De Cupere ao Huffington Post, ao explicar sua obra. "O motivo é simples: a religião sempre foi conservadora, uma ideia velha e fechada, e a arte é o contrário: é progressista e aberta — como uma vagina."

O artista escolheu a imagem da Virgem Maria porque é o mais conhecido símbolo religioso do feminino, e as religiões sempre elegeram a feminilidade e a sexualidade como inimigas. "Não digo que as mulheres são sempre tratadas de modo errado na religião, mas ainda acontece muito", afirma o artista. Metaforicamente, ao exalar o cheiro de vagina, a Virgem Maria confere às mulheres liberdade sexual.

Fonte: Brasil Post