Artista russo, nu sobre muro, corta pedaço da própria orelha em protesto

Pyotr Pavlensky protestou contra uso de psiquiatria por motivações políticas. Ele foi detido por policiais após protesto em centro psiquiátrico de Moscou.

Um protesto de um homem só chamou atenção neste domingo (19) em Moscou, na Rússia. Em uma performance artística, um homem subiu no muro de uma instituição de psiquiatria e cortou parte de sua orelha direita. Ele foi detido por seguranças do Ministério do Interior pouco depois.

Pyotr Pavlensky afirmou que sua performance, intitulada "Segregação", foi uma forma de protestar contra o uso de psiquiatria forense com motivações políticas.

Segundo ele, cortar o lóbulo da orelha em frente ao Centro Científico de Psiquiatria Social e Forense Serbsky demonstra como as autoridades podem cortar da sociedade um indivíduo indesejado por meio do uso de psiquiatria e diagnósticos médicos que o obriguem a ser colocado em um hospital penitenciário.




Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: G1